No Amazonas, 376 profissionais de saúde testaram positivo para o Covid-19

Stephane Simões – Da Revista Cenarium

Dos 1897 casos confirmados para o novo coronavírus (Covid-19), 376 foram registrados entre os profissionais da área de saúde, conforme afirmou a secretária de Saúde do Amazonas (Susam), Simone Papaiz, na tarde deste sábado, 18, em coletiva online. Segundo ela, em uma semana, somente no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Alvorada, na zona centro-oeste, 52 profissionais foram atestados com o novo coronavírus e afastados do trabalho.

Conforme a secretária, há um total de 376 profissionais de saúde afastados pela doença, sendo que 56 são médicos, 69 são enfermeiros e 154 são técnicos de enfermagem.

“Isso impacta no número de atendimentos. Quando a gente tem uma diminuição de profissionais na linha de frente de atendimento, nós também diminuímos a capacidade de operação. Todas as unidades estão trabalhando no seu limite máximo de capacidade operacional. As unidades de pronto atendimento têm uma estrutura menor e menos complexa do que uma unidade hospitalar”, disse.

Para tentar suprir a demanda, a secretária da Susam afirmou que foram convocados 517 profissionais, entre médicos, enfermeiros, farmacêuticos, técnicos em enfermagem, fisioterapeutas e assistentes sociais, que foram aprovados em um concurso público do Corpo de Bombeiros, realizado em 2009.

“Esses profissionais vão fazer um incremento na linha de frente. Hoje, eles iniciaram as atividades dentro do Hospital Nilton Lins. Além disso, nós providenciamos a contratação temporária de técnicos de enfermagem. O cadastramento encerrou ontem, e hoje a equipe da Susam está avaliando e classificando esses profissionais. A lista do número de vagas compreende em 704 técnicos de enfermagem e técnicos de enfermagem em unidade de terapia intensiva”, acrescentou.

Atualização dos números no Estado

O número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, no Amazonas, aumentou para 1897, com 88 casos novos, segundo divulgado pela diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Rosemary Pinto. Em 24 horas, o Estado registrou, ainda, o aumento de mais 20 óbitos em decorrência do vírus, totalizando 161 mortes (8,49%).

Entre os casos confirmados, 1593 são de Manaus (83%) e 304 casos no interior, em 23 municípios do Estado. Por outro lado, o número de pessoas fora do período de transmissão da doença já chega a 432, o que representa 22,77%.

Além disso, 156 pacientes confirmados da doença encontram-se internados, sendo que 88 estão em UTI. Conforme a FVS-AM, 230 pessoas ainda estão aguardando resultado de exames.

Dados atualizados pela FVS-AM, neste sábado, 18 – Foto: Reprodução

Pico da pandemia

A diretora-presidente da FVS-AM reiterou que ainda não é possível avaliar quando o Amazonas atingirá o pico da pandemia. “Ainda continuamos com as pessoas tendo muito contato entre si, circulando nas ruas. A nossa previsão é que ainda teremos muitos casos no período a frente”, afirmou.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO