Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
28 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Rômulo D’Castro – Da Cenarium

ALTAMIRA (PA) – Há mais de três séculos, o Círio de Nazaré, em Belém do Pará, arrebata multidões. Por causa da pandemia de Covid-19, a exemplo do que aconteceu no ano passado, em 2021, a diretoria do evento manteve restrições, motivo este que não haverá procissões com as tradicionais corda e berlinda da imagem. Nada que tire o brilho da festa.

Milhares de devotos do Pará, além de fiéis de outros Estados, estão, neste momento, em Belém, em agradecimento a Nossa Senhora por alguma dádiva alcançada. A jornalista Ageíse Navarro registrou um pouco da manifestação religiosa.

Registro mostra movimentação no entorno da Basílica de Nossa Senhora de Nazaré, em Belém. ( Ageíse Navarro/ Via Rômulo D’Castro)

Para manter o brilho do evento, igrejas, mesmo com restrições de capacidade, anunciam missas que atraem um considerável número de fiéis. Tem quem fique do lado de fora dos templos, mas não deixa de participar.

Este ano, pela primeira vez desde o início do Círio, a esquadrilha da fumaça da Força Aérea Brasileira irá se apresentar. Será uma forma de abrilhantar o evento com performances treinadas especialmente para a festa.