2 de dezembro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

Com informações do G1

PARÁ – O clima é tenso na terra indígena Apiterewa, localizada entre os municípios de São Félix do Xingu e Tucumã, no sudeste do estado. O motivo é uma operação do Ibama, Força Nacional e Funai.

As equipes de fiscalização estão notificando os ocupantes da terra indígena sobre o prazo para que eles se retirem da área. A operação conta com 12 caminhonetes e dois helicópteros instalados na base dentro da reserva.

Os não indígenas denunciam que fiscais estariam agindo com truculência, queimando barracas, apreendendo veículos e destruindo motosserras e geradores de energia.

Revoltados com a prisão de dois homens, eles se concentram em frente a base montada pelo Governo Federal na Terra Indígena. Homens da Força Nacional tentam negociar com os manifestantes, mas eles dizem que vão permanecer no local.

A retirada dos não indígenas vem se arrastando desde 2005. Em junho de 2020 o ministro Gilmar Mendes (STF) acatou um pedido Prefeitura de São Félix do Xingu para que fosse feita uma conciliação entre indígenas, ocupantes e Governo Federal.

A Polícia Federal em Redenção informou que deve encaminhar uma equipe para terra indígena ainda esta semana.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.