28 de fevereiro de 2021

Com informações da Folha de S. Paulo

CURITIBA – Um acidente com ônibus na BR-376, em Guaratuba, no litoral do Paraná, deixou ao menos 21 mortos e mais de 30 feridos na manhã desta segunda-feira, 25.

Segundo informações da Polícia Rodovia Federal (PRF), o ônibus descia a Serra do Mar em direção ao litoral catarinense quando bateu na mureta de contenção, saiu da pista e tombou na lateral da rodovia.

O veículo de turismo saiu de Ananindeua (PA) com destino a Balneário Camboriú (SC) com 53 passageiros e dois motoristas, de acordo com a PRF. Inicialmente, a informação era de 54 passageiros.

A Polícia Militar confirmou o atendimento de 33 pessoas, entre elas, sete feridas gravemente, 6 moderadamente e outras 20 vítimas com ferimentos leves.

O Corpo de Bombeiros do Paraná continua os trabalhos na região com cães de busca para localizar possíveis vítimas que possam ter sido ejetadas. Até o momento, não há uma lista oficial de passageiros.

Em entrevista à RPCTV, o capitão Ícaro Greinert, do Corpo de Bombeiros, afirmou que o motorista do ônibus, um homem de 78 anos, saiu ileso do acidente e foi levado para a delegacia de Guaratuba para prestar esclarecimentos. Ainda não é possível apontar a causa do acidente.

“Não tem como falar se foi uma falha mecânica. Ele caiu na ribanceira, felizmente não caiu rio abaixo, o que dá pelo menos 50 metros, porque aí o número de mortos poderia ter sido mais significativo”.

O IML está no local para recolhimento dos passageiros mortos. Duas aeronaves do Batalhão de Operações Aéreas da PM foram deslocadas para o local para ajudar no resgate.

Todas as vítimas foram encaminhadas a hospitais da região. As mais graves foram levadas de aeronave para o Hospital Cajuru, em Curitiba, e para o Hospital São José, em Joinville (SC). Vítimas leves e moderadas foram encaminhadas por ambulâncias a hospitais em Garuva e Joinville. Há crianças entre os feridos.

O acidente ocorreu próximo do km 668 da BR-376, por volta de 8h30. O trecho é conhecido como Curva da Santa, onde já foram registrados vários acidentes.

O fluxo sentido Santa Catarina foi bloqueado e uma das pistas foi liberada por volta das 13h. Segundo a Arteris Litoral Sul, concessionária que administra a rodovia, até as 12h30, havia 18 quilômetros de congestionamento no local.

Pelas redes sociais, o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), lamentou o acidente e disse que o estado está dando suporte para familiares das vítimas.

“Imediatamente, pedi para o secretário de segurança do estado entrar em contato com os responsáveis pelo resgate, no local do acidente, para identificar as vítimas e prestar o apoio necessário. Meus sentimentos aos que perderam familiares nesse terrível incidente”.