Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – Um terremoto de magnitude 7.5 graus atingiu, na manhã deste domingo, 28, o Peru, chegando a ser sentido por moradores de cidades da Região Norte do Brasil, como Cruzeiro do Sul e Rio Branco, no Acre, e Manaus, no Amazonas. De acordo com o Centro de Sismologia do Instituto Geofísico do Peru, o abalo ocorreu a cerca de 98 quilômetros do município de Santa Maria de Nieva, na província de Condorcanqui, e o hipocentro foi a 130 quilômetros de profundidade.

“Acordei com minha cama balançando mais que vara verde”, postou, nas redes sociais, um morador da cidade de Cruzeiro do Sul, interior do Acre. Outro morador afirmou que esta foi a primeira vez que sentiu um terremoto com mais intensidade no Estado.

“Com a intensidade do tremor aqui no Acre, só espero que onde foi o epicentro, as pessoas estejam bem”, disse o internauta, em uma publicação no Twitter.

Em um vídeo que circula nas redes sociais é possível ver uma casa balançando no município de Cruzeiro do Sul. O caso, segundo narra o homem que faz a gravação, ocorreu por volta das 6h (8h em Brasília) da manhã deste domingo, 28, e dura, aproximadamente, um minuto.

“Nesse momento, tremor de terra. Seis horas da manhã, ó como balança aqui dentro da casa. O ventilador e a estante balançando com o tremor de terra. Ainda continua balançando”, registra o homem, enquanto mostra a residência e o relógio pendurado na parede para confirmar o horário do abalo sísmico.

O vídeo mostra vários móveis balançando com a força do terremoto, ocorrido a mais de cem quilômetros de profundidade. Vídeo amador postado na internet.

Em Manaus, de acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBAM), o Centro de Operações Bombeiro Militar (Cobom) não foi acionado para ocorrências relacionadas ao tremor.

Terremoto

O terremoto teve início em uma área pouco povoada da floresta Amazônica, segundo o Centro Sismológico Euro-Mediterrânico. A força do abalo sísmico fez com que o tremor de terra fosse sentido em regiões mais distantes.

Vídeos compartilhados pelos moradores, nas redes sociais, mostram o desabamento de casas e prédios mais antigos em Lima e em cidades próximas. A Marinha do Peru disse que não foi identificado risco de tsunami por conta do terremoto.

O país fica localizado em uma região conhecida como “Anel de Fogo do Pacífico”, cuja área é sismicamente ativa por conta do encontro de placas tectônicas, fazendo com que o Peru seja regularmente afetado por fortes terremotos e, ainda, erupções vulcânicas.

Veja vídeos dos moradores: