Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
19 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml
Com informações o Infoglobo

SÃO PAULO – Parece que o clima já não era dos melhores no set de “Rust”, antes mesmo do disparo acidental de arma de fogo feito por Alec Baldwin que matou a diretora de fotografia de Halyna Huctchins, na tarde dessa quinta-feira, 21. Segundo uma mensagem compartilhada pela brasileira Amanda Petrone, que foi assistente de fotografia de Hutchins no longa “Archenemy”, parte da equipe de filmagem já havia pedido demissão do projeto por falta de segurança no set, incluindo “pouca segurança com armas”, entre outros problemas.

O relato que Petrone compartilhou seria de um dos câmeras que trabalhavam no filme. Na mensagem, ele também diz que houve falta de pagamento e descuido em relação à Covid-19. “Nós escrevemos sobre esse exato assunto ontem à noite e saímos (das filmagens) hoje de manhã. Isso não está em nenhum dos jornais. Chamaram quatro pessoas não sindicalizadas para nos substituir e tentaram colocar a polícia contra nós”, diz a mensagem.

Além de Halyna Hutchins, o diretor do filme, Joel Souza, também ficou ferido com o disparo acidental mas já obteve alta. O sindicato que representa atores, técnicos de cinema e fabricantes de adereços, nos Estados Unidos, afirmou nesta sexta que a arma cenográfica usada pelo ator Alec Baldwin tinha uma bala de verdade. A informação foi passada pela entidade a seus filiados, por meio de um email. Segundo Juan Rios, porta-voz do gabinete do xerife no Condado de Santa Fé, no Novo México, local das gravações, as circunstâncias do disparo estão sendo investigadas. Após prestar depoimento, o ator foi visto chorando na entrada da delegacia.

Baldwin se pronunciou sobre o caso

Alec Baldwin comentou a morte de Halyna Hutchins e o ferimento de Joel Souza por meio de seu perfil no Twitter.

“Não há palavras para expressar meu choque e tristeza em relação ao trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e colega nossa profundamente admirada”, disse o ator. “Estou cooperando totalmente com a investigação policial para tratar de como essa tragédia ocorreu e estou em contato com o marido dela, oferecendo meu apoio a ele e sua família”, continuou. “Meu coração está partido por seu marido, seu filho e por todos que conheciam e amavam Halyna.”

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.