Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de setembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – No ano de comemoração aos 100 anos de festividades em Anamã (município distante a 161 quilômetros de Manaus), o tradicional “Festejo de São Francisco de Assis”, padroeiro da cidade do interior do Amazonas, poderá ser celebrado de forma presencial em 2020. O evento foi liberado pela prefeitura e ocorre entre os dias 24 e 30 de setembro, na praça Franciscana, no Centro do município.

A celebração deve ocorrer desde que todas as normas, regras e recomendações sanitárias sejam obedecidas para evitar a disseminação da pandemia do novo Coronavírus.

O decreto liberando o festejo foi publicado nesta quinta-feira, 17, no Diário Oficial dos Municípios (DOM) e assinado pelo prefeito de Anamã, Francisco Nunes Bastos (PMN), que atendeu ao pedido da coordenação da igreja.

“Ficará liberado, do dia 24 de setembro a 30 de setembro de 2020, as festividades religiosa e social, somente da igreja católica, na praça Franciscana até as 0h (meia-noite), mantendo o distanciamento das mesas de 01 metro e meio uma das outras, obedecendo todas as recomendações da Secretaria de Saúde e da Vigilância Sanitária Municipal, tomando todos os cuidados de enfrentamento ao combate do novo coronavírus”, diz trecho da medida.

Devoção

Para a comunidade católica, São Francisco de Assis foi canonizado em 1228 e é um dos santos mais populares e queridos que ficou conhecido pela sua humildade, dedicação aos pobres e pelo amor incondicional à natureza e aos animais.

Evento reúne milhares de fiéis, anualmente, na igreja de São Francisco de Assis, em Anamã (Divulgação)

A devoção ao santo é demonstrada todos os anos por milhares de peregrinos que o homenageiam com celebrações e procissões em paróquias da zona rural, municípios e capitais. Os fiéis oram e louvam com seus terços ou com a imagem do santo na mão, cumprindo rigorosamente suas promessas.

Decreto

Apesar da liberação para celebração do festejo da igreja católica, a prefeitura prorrogou por até o dia 30 de setembro deste ano as medidas restritivas para o combate ao contágio pela Covid-19. De acordo com o decreto nº 330/2020, continua proibido qualquer tipo de aglomerações em praças ou em qualquer outro local, sob a fiscalização da Polícia Militar e Vigilância Sanitária, em todo o âmbito do município de Anamã.

A medida também prorroga a proibição de eventos festivos e culturais do setor público e privado, tanto na sede quanto nas comunidades da cidade. De acordo com o documento, o não atendimento as proibições recomendadas poderá acarretar em multas que variam de R$ 100 a R$ 1.000,00 e perdas de alvarás de funcionamento.

Confira na íntegra: