Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Eduardo Figueiredo – Da Revista Cenarium

MANAUS — Com o surgimento da variante Ômicron e em virtude de novos casos de Covid-19 pela Europa, pelos menos sete navios que integram a ‘Temporada de Cruzeiros 2022’ desistiram de vir ao Amazonas. A informação foi divulgada pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (ManausCult).

A temporada estava prevista para se iniciar no dia 20 de janeiro e a expectativa era de que a capital amazonense recebesse 11 cruzeiros até abril deste ano, com cerca de 10 mil turistas a bordo, o que iria movimentar o setor de turismo e injetar o equivalente a R$ 11 milhões na economia local. O setor foi um dos mais afetados com as restrições durante a pandemia causada pelo novo coronavírus no Amazonas.

Leia mais: Temporada de cruzeiros no AM deve injetar R$ 11 milhões na economia local, em 2022

Sobre os outros quatro navios que ainda não informaram se devem vir ao Estado, a Manauscult destaca que a temporada de cruzeiros em Manaus, que prevê somente cruzeiros internacionais, “ainda está em análise pelos órgãos responsáveis”.

Setor de turismo foi um dos mais afetados durante a pandemia de Covid-19 (Reprodução)

A secretaria reafirma que seguirá toda a orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Ministério da Saúde, Ministério do Turismo e da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) nesse sentido.

Suspensão provisória

Na última sexta-feira, 31 de dezembro, a Anvisa recomendou ao Ministério da Saúde a suspensão provisória da temporada de cruzeiros na costa brasileira, após ter identificado aumento de infecções por Covid-19 em algumas embarcações. A Anvisa está acompanhando a situação de cinco cruzeiros que estão operando no Brasil

Os cruzeiros marítimos em operação no Brasil e com casos confirmados de Covid-19 integram a Temporada Nacional de Navios, que não contempla a Amazônia brasileira como destino.