25 de novembro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

Com informações do G1

Como presidente dos Estados Unidos, Donald Trump desfrutava de proteção única contra ações legais — criminais ou civis. Agora, depois de perder a eleição presidencial de 2020, Trump logo se tornará um cidadão comum novamente.

Isso significa que ele perderá sua imunidade do cargo, colocando-o na mira de litigantes e promotores.

“Assim que ele deixar o cargo, a atmosfera mudará”, diz Daniel Alonso, ex-promotor federal dos EUA e do Estado de Nova York, à BBC. “Ele não terá mais a realidade ou a ameaça do poder presidencial para impedir as investigações.”

Uma investigação criminal em Nova York é o principal pesadelo de Trump e de seu conglomerado, a Trump Organization, com a Justiça.

Além disso, há uma série de ações judiciais que vão desde acusações de fraude por um membro da família a assédio sexual por uma colunista. Uma tempestade legal está se formando.

1. Acusações de suborno

2. Investigação de fraude fiscal e bancária

3. Investigação de fraude imobiliária

4. Casos de emolumentos

5. Processos de má conduta sexual

6. Ação judicial de Mary Trump

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.