Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
30 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml
Mencius Melo – Especial para Cenarium

MANAUS – Após receber a Medalha Ruy Araújo, a mais alta comenda do Estado do Amazonas, o juiz de direito Cassio André Borges dos Santos, titular do 1º Juizado Especial Cível da capital, foi convidado pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Mauro Luiz Campbell Marques, a ser juiz corregedor auxiliar junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O ministro esteve presente na solenidade de forma online e aproveitou para informar sobre o convite a Cassio Borges. Na ocasião, Mauro Campbell destacou o histórico de vida e atuação de Cássio Borges junto à sociedade amazonense, seu papel como operador do direito e parabenizou a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) por reconhecer a atuação de um juiz.

Leia também: ‘A vontade do eleitor não pode ser contaminada com fake news’, diz Mauro Campbell, novo ministro do TSE

Na prática, o ministro Mauro Campell é o corregedor Nacional Eleitoral e o juiz Cássio Borges é seu auxiliar direto na Corregedoria. De acordo com Cássio Borges, o trabalho em escala nacional é uma oportunidade a ser celebrada. “Para mim é uma honra poder servir à República, ao processo de fortalecimento da democracia brasileira ao lado de um dos maiores magistrados na história do Superior Tribunal de Justiça”, destacou.

Conduta

Juiz e professor de Direito, Cássio é um constitucionalista apaixonado. Por isso, segundo ele, sua atuação como juiz auxiliar na Corregedoria do TSE será ancorada no espírito de contribuir com o corregedor nacional, que é o ministro Mauro Campbell.

“Estarei acompanhando o ministro Campbell, que é o titular, e posso adiantar que minha conduta será pautada nos princípios da Constituição, na legalidade e nos precedentes do TSE, que são as condutas do ministro Mauro Campbell”, observou.

Leia também: Amazonas registra crescimento de 7% em eleitores na Amazônia Legal, diz TSE

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM), Marco Aurélio Choy, declarou orgulho em ser amigo de Cassio Borges há mais de uma década e do reconhecimento ao trabalho do juiz. “É uma honra, um orgulho de ser seu amigo há mais de 15 anos. Não tenho dúvidas de que a Aleam se engrandece ao reconhecer esse grande amazonense”, celebrou Choy.