Aprovação ao Governo Lula atinge 37%, superando reprovação de 31%, aponta pesquisa

Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, do PT (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Da Cenarium*

BRASÍLIA – Pesquisa divulgada pelo Ipec aponta leve melhora nos índices de avaliação do Governo Lula (PT).

A aprovação à gestão petista passou de 33%, em março, para 37% em julho e se descolou da reprovação, que oscilou de 32% para 31%. Outros 31% consideram a administração regular e 2% não sabem ou não responderam.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento feito entre os dias 4 e 8 de julho ouviu 2.000 pessoas com 16 anos ou mais em 129 municípios.

PUBLICIDADE
Lula, um homem idoso com barba branca, está sentado em uma mesa de conferência. Ele veste um terno escuro com uma gravata listrada em verde e amarelo. Na mesa, há garrafas de água, copos e bandeiras de diferentes países. Ao fundo, outras pessoas estão presentes, mas desfocadas.
O presidente Lula (PT) em conferência do Mercosul, em Assunção, Uruguai – Daniel Duarte – 8.jul.24/AFP

O resultado divulgado nesta quinta-feira, 11, pelo portal G1 repete tendência verificada em pesquisas recentes do Datafolha e da Quaest.

No levantamento de março do Ipec, a gestão Lula havia registrado uma piora na aprovação (índices ótimo e bom), que havia passado dos 38% de dezembro para 33% e atingido seu nível mais baixo do mandato. A reprovação (índice ruim e péssimo), na ocasião, havia oscilado de 30% para 33%.

Os dados de julho revertem essa tendência e se aproximam dos patamares verificados no final do ano passado (quando a aprovação era de 38% e a reprovação, de 30%).

O melhor cenário numérico do governo Lula 3 na série histórica do Ipec foi em março de 2023, com 41% de ótimo/bom e 24% de ruim/péssimo.

Segundo os dados do instituto, neste mês de julho os avanços mais significativos na aprovação do governo foram entre as pessoas que vivem no Nordeste (cujo índice de ótimo/bom passou de 43% para 53%) e entre os que possuem renda familiar mensal de até um um salário mínimo (de 39% para 48%).

PUBLICIDADE

O que você achou deste conteúdo?

Compartilhe:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.