Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
23 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – Em meio ao alto índice de contaminação da Covid-19 em todo o Estado do Amazonas, o município de Apuí (a 1,1 mil quilômetros de Manaus), não registra casos do novo Coronavírus há mais de 20 dias e, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a cidade está livre da transmissão da doença desde o dia 8 de junho.

Apuí tem, segundo dados mais recentes da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), 27 casos da Covid-19, sendo a cidade que menos tem registros do Sars-CoV-2. A cidade também não tem mortes pela doença.

No entanto, apesar da transmissão do vírus estar controlada, os trabalhos de cuidados continuam, devidos aos municípios vizinhos Humaitá e Novo Aripuanã ainda apresentarem registros de contágio.

“Desde que surgiu o primeiro caso na cidade, a prefeitura baixou o decreto de lockdown por 15 dias. Estamos seguindo as medidas preventivas, com a higienização, logicamente, e o uso de máscara que é obrigatório em todo o território”, disse a secretária de Saúde de Apuí, Isleia Gomes de Farias, à REVISTA CENARIUM.

Segundo ela, as barreiras sanitárias na cidade estão em atividade durante 24 horas, sendo permitida a entrada no município somente de pessoas de serviço essencial, e, comprovada a residência.

“Mesmo comprovando residência, todos que chegam à cidade precisam cumprir 15 dias de quarentena, principalmente aqueles que saem ou chegam de municípios de risco, com contágio da doença”, finalizou.

Primeiro caso

O primeiro registro da Covid-19 em Apuí ocorreu em maio, no dia 12. Um homem de 60 anos testou positivo, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde.

No mesmo dia, Antônio Roque Longo (DEM) decretou lockdown na cidade por 15 dias. A medida foi flexionada ao final do período, devido aos números da doença não avançarem. Conforme o decreto nº 012, de 11 de maio de 2020, ficava estabelecido o fechamento de serviços não essenciais e limita a circulação de pessoas em vias públicas.

A medida determinava, ainda, o recolhimento domiciliar (toque de recolher) a partir das 8:00 horas da noite e limita a circulação de pessoas durante o dia.

Amazonas

O Amazonas diagnosticou mais 1.189 casos de Covid-19 nessa quinta-feira, 18, sendo 17 casos novos detectados por exame de biologia molecular RT-PCR e 1.172 por testes rápidos, com data de sintomas entre oito a 60 dias, totalizando 60.736 casos confirmados do novo Coronavírus no Estado, segundo boletim epidemiológico consolidado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

O boletim informa ainda que foram confirmados mais 26 óbitos pela doença. Desses, onze ocorridos nas últimas 24 horas. Ao todo, 49.178 pessoas já passaram pelo período de quarentena (14 dias) e se recuperaram da doença.