Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Com informações do Infoglobo

A Argentina começa 2022 com calor intenso e, ao que tudo indica, deve piorar. De acordo com a empresa internacional especializada em previsão do tempo, a Windy, o cenário é preocupante: a partir das 14h da próxima terça-feira, 11, o País pode se tornar a área mais quente do globo, durante algumas horas.

Isso porque uma onda de calor extremo é prevista em grande parte da Argentina, com temperaturas acima de 40°C em áreas das províncias de Buenos Aires, Córdoba, Santa Fé, Entre Ríos e Santiago del Estero.

Além disso, o Serviço Meteorológico Nacional (SMN), confirmou que os termômetros vão aumentar nos próximos dias e que facilmente vão ultrapassar os 35ºC na região central do País e locais do noroeste.

Na capital Córdoba, está prevista uma máxima de 39°C de segunda até quarta-feira, com mínimas que não passam de 22 °C. Em Santiago del Estero, a temperatura pode chegar a 42°C.

Segundo o Centro de Metereologia MetSul, uma brutal onda de calor marca este começo de ano no Centro da América do Sul. O calor é mais extremo no Centro e no Norte da Argentina, Paraguai e no Sul do Brasil. Em países vizinhos, as temperaturas estão atingindo máximas muito elevadas, comuns durante o verão do Oriente Médio.