30 de novembro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

Com informações Secom-AM

MANAUS – O Governo do Estado do Amazonas esclareceu nesta sexta-feira, 20, que os dados sobre a Covid-19, incluindo número de mortos e sepultamentos no Amazonas, divulgados nos Boletins Diários de Casos de Covid-19 da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) são fornecidos pelos municípios. O esclarecimento é em resposta a uma declaração do prefeito de Manaus, Arthur Neto, contestando o número de sepultamentos por Covid-19 na capital.

A consolidação dos casos e óbitos de Covid-19 publicados no Amazonas é realizada pela FVS-AM a partir de informações obtidas nos sistemas de informações do Ministério da Saúde alimentados pelos municípios: e-SUS Notifica, Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe), sistema de informações de mortalidade e o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), todos alimentados pelos municípios.

Os dados de sepultamentos, que também são divulgados pelo Governo do Estado nos Boletins diários de Covid-19 são fornecidos diariamente pela Secretaria Municipal de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp) órgão da prefeitura de Manaus responsável pela administração dos Cemitérios na capital. Ontem, o boletim da Semulsp informou 50 sepultamentos nos cemitérios públicos e privados de Manaus, sendo 48 do próprio município e 02 de municípios do interior. Destes, cinco apresentaram Declaração de Óbito ou registro em cartório, tendo Covid-19 como causa básica do óbito. Os demais apresentam doenças cardíacas, causas oncológicas, causas externas, dentre outras, como causa básica.

A diretora presidente da FVS, Rosemary Costa Pinto, ressalta que os dados epidemiológicos divulgados em seus boletins diários são passíveis de revisão e isso tem acontecido todos os dias na medida em que chegam novas informações dos municípios.  A diretora lembrou que a Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa Manaus) investigou 654 óbitos suspeitos de Covid-19, ocorridos no pico da pandemia, entre abril e maio, dos quais 346 foram reclassificados nos sistemas de informações oficiais e inseridos nos Boletins da FVS.

Segundo Rosemary Costa Pinto o Serviço de Verificação de Óbito (SVO) é de responsabilidade dos Municípios. Manaus é uma das poucas capitais do país que não oferece o serviço.
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.