Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
26 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Com informações da CNN

SÃO PAULO – Nesta semana, ministros e autoridades brasileiras se mobilizam para criar um plano integrado de proteção à Amazônia, depois da participação do Brasil na Conferência das Nações Unidas para Mudanças Climáticas, a COP26.

Entre as medidas, está a contratação de cerca de 700 servidores para os órgãos de fiscalização ambiental. Outro objetivo é mitigar a ação de gases do efeito estufa, impactando diretamente na pecuária, já que o gado brasileiro é responsável por boa parte da emissão de gás metano na atmosfera.

“O grande desafio nosso é alinhar as estratégias do ABC mais com as estratégias nacionais de redução de metano. Se isso for feito, a gente consegue cumprir e, portanto, a agenda da COP passa a ser uma agenda muito mais de oportunidades do que apenas desafios”, disse Eduardo Bastos, líder do comitê de sustentabilidade da Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG).