Aviões da Força Aérea Brasileira chegam a Manaus carregados de oxigênio

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) chegaram à capital amazonense carregados com mais de 18 toneladas de cilindros de oxigênio líquido para abastecer os hospitais de saúde no Estado usados no atendimentos a pacientes com Covid-19. As aeronaves C-130 Hércules decolaram da Base Aérea de São Paulo, em Guarulhos, nessa quinta, 14, e pousaram na madrugada desta sexta-feira, 15, em Manaus.

Segundo a FAB, ainda está previsto o envio de outras aeronaves que somarão esforços no Transporte Aéreo Logístico para Manaus. O Comando da Aeronáutica informou que está dedicando todo seu efetivo e de suas aeronaves 24 horas por dia e sete dias por semana no enfrentamento ao novo coronavírus.

“Participar da missão de ajuda à sociedade manauara, levando condições para que as pessoas possam enfrentar essa pandemia é muito gratificante. Sabemos que isso pode aliviar o sofrimento de inúmeras pessoas”, destaca o capitão aviador Gláuber Leonardo Lança, comandante da primeira aeronave.

Força-tarefa

Com o aumento de internações por Covid-19, o Estado vive uma escassez de oxigênio tanto nos hospitais públicos quanto os particulares, na capital e no interior do Amazonas. Desde a semana passada, o governo estadual trabalha com uma força-tarefa para ampliar o abastecimento de oxigênio na rede estadual de saúde, com o apoio das Forças Armadas no transporte do insumo de outros estados.

Segundo o governo, o volume de oxigênio líquido contratado pelo Estado na pandemia, na área da saúde, passou de 176 mil para 850 mil metros cúbicos por mês. Um acréscimo de 382,9%. 

A chegada de cilindros de oxigênio nas unidades de saúde têm causado um verdadeiro alvoroço entre familiares e profissionais de saúde, que imploram pelo rápido transporte dos insumos, fazendo com que policiais militares precisem intervir e realizar escolta dos materiais.

Policiais realizando escolta e fornecendo suporte para o transporte dos cilindros de oxigênio (Divulgação/ PMAM)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO