Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
20 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Priscilla Peixoto- Da REVISTA CENARIUM

BAHIA- A banda musical ‘Panteras Negras’ está disponibilizando no Canal EstaçãoZinha um material voltado à musicalidade com o principal objetivo de dar a possibilidade a jovens periféricos e negros terem contato com a educação e produção musical. As Panteras é a primeira banda musical de mulheres negras e LGBTQIA+ do mundo.

Além de oportunizar a educação por meio da música, o grupo também visa o combate ao racismo, LGBTfobia e o machismo, que segundo a banda interfere negativamente no acesso desses jovens à cultura e à criatividade.

O projeto é realizado pela Prefeitura de Salvador, com recursos da Lei Aldir Blanc e contemplado pelo Prêmio Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas. A banda acredita que a mistura da arte aliada à educação amplia horizontes.

“O nosso recado com o evento, enquanto primeira banda instrumental de mulheres negras LGBTQIA+ no mundo, é dizer para a juventude negra o quão ela é potente, trazendo amor na aprendizagem, mas também estímulos ao pensamento crítico”, afirma a percussionista Dedê Fatuma para o Portal Alma Preta.

Temas como sexualidade e gêneros também são pontos debatidos e disponíveis no conteúdo. Vale ressaltar que o trabalho também está disponível com tradução em libras.