4 de março de 2021

Ana Pastana – Da Revista Cenarium

MANAUS – O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues (Psol), antecipou a vacinação para idosos de 85 anos ou mais para esta quarta-feira, 3. A imunização segue até o próximo domingo, 7. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), houve a necessidade de agilizar a vacinação para as pessoas mais idosas. Entre os prioritários na ação estão indígenas e quilombolas.

Até o fim de janeiro, Belém havia vacinado 16.927 pessoas, de acordo com a Sesma. Dividido em grupos prioritários, entre o total de vacinados, estão 264 idosos em instituições de longa permanência e 16.663 profissionais da saúde. Ao todo, 12 mil idosos de 85 anos ou mais deverão ser vacinados.

As informações foram divulgadas em entrevista coletiva nessa terça-feira, 2, pelo prefeito Edmison Rodrigues e o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra. Os idosos de 85 anos ou mais podem procurar um dos 13 postos disponíveis para a imunização. O atendimento será de 9h às 18h.

Secretário de Saúde, Mauricio Bezerra, em coletiva de imprensa nessa terça-feira, 2. (Marcos Barbosa/ Comus)

Além dos idosos, que são do grupo prioritário da imunização, 7.115 doses serão destinadas a profissionais da saúde que atuam em hospitais de maior porte e 1.502 doses para profissionais de clínicas e laboratórios. Segundo a Sesma, os profissionais receberão as doses nos locais de atuação. Os 480 quilombolas que vivem no distrito de Mosqueiro (73,8 quilômetros da capital) e 267 indígenas da etnia Warao também serão imunizados, ambos nos locais onde residem.

Doses e imunização

Ao todo, segundo a prefeitura, o município recebeu 19.450 doses da vacina contra a Covid-19, sendo 9.540 doses da Coronavac e 9.910 doses da AstraZeneca.

Os idosos com dificuldades de mobilidade serão vacinados em casa, um familiar deve procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima para realizar um cadastro e solicitar a imunização na residência. Aos idosos que podem se locomover até um dos postos de imunização, devem estar portando RG e CPF para receber a primeira dose da vacina.