30 de novembro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

Com informações da assessoria

MANAUS – A diretoria do Boi Caprichoso anunciou na manhã deste sábado, 21, a data para revelação do novo defensor do item dois, levantador de toadas azul e branco. A voz do reduto da Francesa e do Palmares será desvendada no dia 5 de dezembro (sábado), por meio de uma live nas redes sociais do bumbá. A festa para reverberar a ousadia musical azulada contará com a apresentação dos demais itens oficiais e também promete grandes surpresas para o torcedor.

O prenúncio chega cercado de mistérios, e atrai a atenção dos apaixonados pela cultura popular e pelo Festival Folclórico de Parintins, que aguardam agora a confirmação da identidade do artista, daquele que será o fio condutor do espetáculo musical do Caprichoso. De acordo com o presidente do Conselho de Arte, Ericky Nakanome, o processo de escolha ainda não foi concluído, pois os critérios para a função são bastante rigorosos.

“Nós levamos em consideração não apenas a opinião dos componentes da diretoria e do conselho, mas principalmente a apreciação técnica de profissionais da área. Por meio de consultorias, estamos em constante diálogo com membros de orquestras filarmônicas e sinfônicas, técnicos musicais e vocais. Alinhado a isso, temos a ousadia como marca do Boi Caprichoso e vamos anunciar um item preparado, pronto para ser campeão”, enfatizou.

O presidente do Boi Caprichoso, Jender Lobato, mencionou as reuniões estratégicas que ganharam força nas últimas semanas, e quanto cada encontro reforça ainda mais o esquadrão azul. “Esses dias foram determinantes para todos nós, é animador saber que estamos caminhando com o mesmo pensamento e objetivo, que é ser campeão do Festival de Parintins. Nossa nova voz terá os traços do Boi Caprichoso, tenho absoluta certeza que iremos nos emocionar durante o anúncio e na arena do Bumbódromo”, comentou.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.