Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
17 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Paulo Bahia – Da Revista Cenarium

MANAUS – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sugeriu, na noite desta quinta-feira, 27, que o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, senador Omar Aziz (PSD), convoque indígenas para falarem sobre o uso de ervas no tratamento da Covid-19, que já matou mais de 456 mil brasileiros em todo o País.

Em tom de ironia, a fala foi dita durante uma live realizada no município de São Gabriel da Cachoeira (a 852 quilômetros de Manaus), no Amazonas. O presidente falou que tinha conversado com indígenas da região sobre o que utilizaram no tratamento da Covid-19. Segundo Bolsonaro, eles teriam respondido que usaram chá de carapanaúba, saracura e jambu para combater a doença. As três são plantas da região amazônica.

“Poderia, nessa querida CPI do Senado, que tem lá como presidente o senador Omar Aziz, poderia [convocar]. Eu sei que você não pode convocar, porque os índios não se enquadram nessa situação de convocação, né, são protegidos por lei. Mas poderia convidar para ouvi-los e levar, quem sabe aí, o chá de carapanaúba, saracura e jambu”, disse o presidente.

Pandemia já matou mais de 456 mil brasileiros em todo o País (Reprodução)

Ainda durante a live, que teve duração de quase uma hora, Bolsonaro disse que não é muito ‘chegado’ ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

“Eu tive contatos com indígenas aqui da região, vários indígenas e eles têm coisas fantásticas para vocês tomarem conhecimento. Conhecer, por intermédio deles, os seus problemas. E em um determinado local aqui, os índios detestam o pessoal do ICMbio. No outro lado, o pessoal gosta do ICMBio. Eu não vou falar de que lado eu fico, né, fico do lado daquele pessoal que não é muito chegado ao ICMBio para deixar bem claro aqui, tá”, completou.

Confira o vídeo:

O presidente disse que nos próximos dias irá divulgar vídeos com todas as ações que está realizando na região.