Braga e Amazonino usam relógios mais caros que uma casa, aponta PSC em propaganda partidária

Marcela Leiros – Da Revista Cenarium

MANAUS – Como noticiado pela CENARIUM, os ex-governadores do Amazonas Amazonino Mendes (Cidadania) e Eduardo Braga (MDB) usam relógios que podem chegar a valores milionários. A propaganda partidária do Partido Social Cristão (PSC), veiculada na televisão e rádio, indicou que Mendes tem um Panerai no valor de R$ 50 mil e Braga usou um Rolex que pode custar até R$ 2 milhões — valor que supera o preço de um imóvel em uma área de luxo de Manaus.

Sobre a propaganda do PSC, a reportagem procurou os pré-candidatos, via WhatsApp. Amazonino Mendes informou, por meio da assessoria, que o relógio está declarado no Imposto de Renda e “não foi comprado com recursos públicos”. (Confira a íntegra da resposta no final da matéria). A CENARIUM não obteve retorno de Eduardo Braga até o fechamento desta reportagem.

A propaganda mostra os candidatos usando as peças em várias circunstâncias, lembrando que “o relógio que um homem usa mostra muito do que ele é”. Imagens mostram Amazonino Mendes usando o relógio, de tecnologia suíça, enquanto entra em uma embarcação de luxo e a pilota.

Já Eduardo Braga aparece utilizando o acessório em um restaurante, enquanto come uma tapioca, comida típica da Região Amazônica. O objeto no braço esquerdo do pré-candidato, segundo a propaganda, faz parte de uma coleção e pode custar entre R$ 36 mil a R$ 2 milhões.

Propaganda partidária veiculada pelo PSC (Reprodução)

Casos foram expostos

Ainda segundo a propaganda partidária, a marca suíça Rolex é considerada a mais cara do mundo. Conforme noticiou a CENARIUM, em uma reportagem no dia 21 de fevereiro deste ano, com um patrimônio de mais de R$ 31 milhões em bens, declarados na disputa para senador do Amazonas nas eleições 2018, Braga também já apareceu em uma publicação, nas redes sociais, exibindo um relógio da marca suíça Patek Philippe, avaliado em mais de R$ 1,263 milhão.

Na época, a reportagem apurou que o acessório importado custava US$ 245,729 mil. Com a conversão da moeda americana (R$ 5,14 o dólar, na época), o item passava a valer R$ 1.263,047,00. O caso veio à tona após o jornalista Ronaldo Tiradentes compartilhar o preço do artigo de luxo do parlamentar.

Leia também: Senador do AM, Eduardo Braga usa relógio de mais de R$ 1 milhão e repercute nas redes sociais

Jornalista Ronaldo Tiradentes compartilhou o caso nas redes sociais (Reprodução)

O item sofisticado, de uma das marcas considerada mais cara do mundo, é do modelo Aquanaut, lançado em 1997, segundo o site oficial da Patek Philippe. O Aquanaut tem como característica, além da aparência moderna, uma caixa em formato de um octógono arredondado, inspirado em Nautilus, um molusco da concha grande encontrado no Indo-Pacífico.

De acordo com o site que comercializa o acessório, o relógio ostenta, ainda, uma pulseira ’tropical’ feita de um material ultrarresistente ao desgaste da água salgada e radiação ultravioleta.

As peças do senador chegam a custar mais que imóveis localizados em áreas de luxo da capital amazonense. A CENARIUM consultou o site de vendas OLX, nesta terça-feira, 3, e encontrou uma casa de alto padrão, no bairro Ponta Negra, Zona Oeste, no valor de R$ 800 mil. No site de uma mobiliária, outro imóvel, na mesma localidade, tem o preço de R$ 700 mil.

Marca de celebridades

A marca já foi usada por famosos como a rainha Vitória (1837-1901) e seu marido, o príncipe Albert (1819-1961), da Inglaterra. Entre as celebridades que também têm ou já usaram um relógio Patek Philippe está o presidente russo Vladimir Putin, o ator estadunidense Brad Pitt e o ex-Beatles Paul McCartney.

Em 2012, antes de Brad Pitt se casar com Angelina Jolie, ele comprou um relógio da marca por R$ 800 mil para dar como presente para a então noiva. Em 2014, foi a vez de Angelina presentear o amado com o artigo luxuoso. A atriz, no entanto, gastou R$ 7,5 milhões no relógio.

Relógio italiano

Em 3 de abril, a CENARIUM mostrou que Amazonino Mendes, com um patrimônio avaliado em R$ 4.717.391,35, segundo declarado à Justiça Eleitoral nas eleições de 2020, quando concorreu ao cargo de prefeito, apareceu em uma publicação na plataforma de mídia social Instagram usando o relógio da marca italiana Panerai, avaliado, em média, em R$ 145.179.

Leia também: Pré-candidato ao Governo do AM, Amazonino usa relógio avaliado em mais de R$ 145 mil

Dentre os bens declarados pelo pré-candidato ao governo estadual estavam lanchas, terrenos, veículos, saldo em contas-correntes, dentre outros. Veja abaixo a lista completa de bens declarados:

O acessório de design italiano com tecnologia suíça integra a lista de uma das maiores e mais conceituadas marcas do segmento de relógios de luxo do mundo. O modelo Panerai Luminor 1950 varia de preço de acordo com a disponibilidade da peça no mercado.

Valor do acessório em revendedoras (Reprodução/ Internet)

Sobre o Panerai

A marca teve início em 1860 quando o artesão e empresário chamado Giovanni Panerai inaugurou uma oficina relojoeira em Ponte alle Grazie, na cidade de Florença, no norte da Itália. O empreendedor contava com o apoio de alguns dos maiores mestres suíços da relojoaria e disponibilizava, ainda, uma escola de relojoaria.

Com o tempo, a marca expandiu e ganhou notoriedade passando a ter como clientes figuras consideradas importantes na sociedade florentina, incluindo a família real italiana. Em 1995, por solicitação do ator Sylvester Stallone, a Panerai criou uma série especial limitada do Panerai Luminor e Mare Nostrum, chamada Slytech. Todos os modelos trazem a assinatura do ator gravada no fundo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO