Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
20 de abril de 2021

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC
Acompanhe nossas redes sociais

Com informações do Estadão

SÃO PAULO – O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou na manhã desta sexta-feira, 26, a nova vacina produzida pelo Instituto Butantan contra a Covid-19. Batizada de Butanvac, o imunizante foi totalmente desenvolvido no Brasil. Segundo Doria, a vacina é 100% nacional e integralmente desenvolvida e produzida pelo Butantan.

O imunizante terá o pedido para fase de testes clínicos protocolado nesta tarde junto à Agência Nacional de Vigilância (Anvisa). Segundo o governador, os resultados dos testes pré-clínicos se mostraram “extremamente promissores” e, caso haja a liberação da reguladora, os testes clínicos poderão começar a partir de abril

De acordo com o diretor do Butantan, Dimas Covas, a produção do imunizante independe da importação de insumos e passa por processo similar a da vacina contra a gripe comum, pela inoculação do vírus em ovos. Segundo afirmou, os testes em animais mostraram que a vacina demonstrou ser mais imunogênica, ou seja, desenvolveu resposta imune em organismos animais maior que em comparação a outras concorrentes no mercado.

Conforme afirmou, o instituto planeja produzir 40 milhões de vacinas a partir de maio, assim que for encerrada a campanha de imunização contra a gripe, uma vez que a capacidade de produção do instituto é de 100 milhões ao ano.

De acordo com Covas, o Butantan será o principal produtor das vacinas em consórcio internacional que conta com a participação da Tailândia e Vietnã. Segundo o diretor do instituto, pelo baixo custo de produção, o interesse é fornecer a vacina para países de baixa e média renda a fim de diminuir a contaminação global.