Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
23 de abril de 2021

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC
Acompanhe nossas redes sociais

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – A maior liderança indígena do País e uma das mais influentes no mundo, o Cacique Raoni, de 89 anos, recebeu alta hospitalar e foi curado da Covid-19. A informação foi confirmada na tarde desta sexta-feira, 4, pelo instituto que leva o seu nome, que agradeceu o carinho de apoiadores nas redes sociais.

“Com imensa alegria, comunicamos a alta hospitalar do Cacique Raoni. Agradecemos imensamente a todos pelas mensagens de carinho e pensamentos positivos. O cacique Raoni venceu o Covid-19”, publicou o Instituto Raoni no Facebook.

Com imensa alegria, comunicamos a alta hospitalar do Cacique Raoni.Agradecemos imensamente a todos pelas mensagens de carinho e pensamentos positivos.O cacique Raoni venceu o Covid-19.

Publicado por Instituto Raoni – IR em Sexta-feira, 4 de setembro de 2020

Após um mês de receber alta hospitalar, o indígena voltou a ser internado no Hospital Dois Pinheiros, em Sinop, no Mato Grosso, na última sexta-feira, 28, por apresentar sintomas de pneumonia, de acordo com diagnóstico da equipe médica de sua aldeia, no Parque Indígena do Xingu.

Na segunda-feira, 31, o Instituto Raoni confirmou à imprensa que o indígena testou positivo para o novo Coronavírus, depois de passar por exames laboratoriais e de imagem que indicaram a infecção pelo vírus, já na fase inflamatória da doença.

Ao longo da semana, de acordo com o boletins médicos divulgados, o cacique apresentou quadro leve de arritmia e precisou seguir internado, mas apresentando bom estado de saúde.

A liderança indígena chegou a receber tratamento com anticoagulantes e corticites continua, assim como fisioterapia respiratória.