Cadáveres de ‘alienígenas’ são apresentados no Congresso Nacional do México

Suposta múmia alienígena encontrada no Peru (Reprodução)
Ívina Garcia – Da Revista Cenarium Amazônia

MANAUS (AM) – O jornalista e ufólogo mexicano Jaime Maussan Flota, apresentou durante audiência pública sobre fenômenos anômalos no Congresso Nacional do México, nessa terça-feira, 12, dois cadáveres com características humanoides, que alega ser de alienígenas.

Segundo Jaime, análises de DNA mostraram que eles não fazem parte da linha de evolução humana, o que provaria que são extraterrestres, já que eles possuem “uma diferença de 30% face ao material genético humano”. As declarações foram dadas após os membros convidados jurarem à corte que estariam dando declarações verídicas.

Jaime tenta emplacar a teoria de que alienígenas conviveram com os humanos no passado há anos e já esteve envolvido no encontro de outros três supostos corpos de alienígenas. O ufólogo já foi ridicularizado por estudiosos do ramo, pois outros corpos de “alienígenas” apresentados em 2017 eram muito brancos e pareciam serem feitos de gesso.

PUBLICIDADE

Os corpos seriam datados de mais de 1.000 anos e foram encontrados na cidade de Cusco, no Peru. Eles foram estudados na Universidade Nacional Autónoma do México e possuem características humanoides, com três dedos em cada mãos e pés. Imagens de supostos exames e autópsias mostram que um dos corpos carregava três ovos. “Se são alienígenas ou não, não sabemos, mas eram inteligentes e viviam conosco. Eles deveriam reescrever a história”, disse Maussan.

Repercussão

O caso tem ganhado repercussão na internet com diversas pessoas desacreditando na apresentação dos cadáveres. Alguns alegam inclusive que seria um caso parecido com as múmias de Nazca em 2017, onde o mesmo ufólogo Jaime Maussan Flota, aparece envolvido.

Além dessa, Jaime também participou de uma apresentação de suposta “múmia” no ano de 2015. Ambos os casos foram desmentidos anos mais tarde, por não apresentarem evidências reais de origem alienígena.

PUBLICIDADE

O que você achou deste conteúdo?

Compartilhe:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.