Calcinha que protege contra infecções sexualmente transmissíveis durante sexo oral é aprovada nos EUA

Com informações do Portal IG

ESTADOS UNIDOS – A agência reguladora Food and Drug Administration (FDA) dos EUA aprovou nessa sexta-feira, 13, a produção e a comercialização de calcinhas que protegem contra  infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) por meio do sexo oral, sendo a primeira vez que a agência aprova roupas íntimas com esse objetivo.

A calcinha da marca Lorals é feita de látex, e a ideia é que seja usada durante o ato sexual , criando uma barreira entre a vagina e a boca. O produto, disponíveis em dois modelos, biquíni e boyshort, protege contra as infecções como herpes, HPV, gonorreia e sífilis. E também contra o HIV, embora o risco seja considerado muito baixo.

Nos EUA já existe a barreira dental, outro método para proteger durante o sexo oral (feitas de folhas de látex que devem ser seguras com as mãos), porém, elas não são nem um pouco populares, pois, apenas 2,1% das mulheres homossexuais usam o produto com frequência, de acordo com uma pesquisa feita na Austrália.

Segundo Melanie Cristol, advogada e criadora da marca, o látex veda a parte interna da coxa, evitando que qualquer fluido escorra. O produto também é recomendado para uso durante o período menstrual. O site entrega outros modelos, no Brasil, mas o aprovado pelo FDA só pode ser comercializado nos EUA. Cada pacote vem com quatro unidades e custa 25 dólares, não podendo ser reutilizado.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO