Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
20 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml
Priscilla Peixoto – Da Cenarium

MANAUS – A cantora nortista Julia Manikk está em contagem regressiva para o novo trabalho musical de 2021. A canção intitulada “Desce e não para” está com lançamento previsto para o próximo dia 20 de agosto. O hit que também traz o primeiro feat internacional da cantora, com o DJ albanês Erd, vem acompanhado de um clipe lançado simultaneamente com a canção.

De acordo com Julia, a nova música simboliza um momento de transição na carreira, embalada por canções melancólicas para batidas mais dançantes. “Ela demorou cerca de uma ano para ser finalizada e acho que tem tudo para dar certo, estou saindo um pouco das canções mais calmas para algo com pegada mais energética”, conta a artista.

Além da inédita a parceria com o DJ Erd, Julia revela que “Desce e não para” é um trabalho bilíngue. A mistura do inglês com o português também é algo novo na carreira de Manikk que, segundo ela, aconteceu de maneira natural. “Não sei o que houve, mas foi tudo natural e coloquei na cabeça que eu queria essa mistura, ficou muito legal, gostei demais do resultado”, relembra.

A cantora passa por um processo de transição na carreira (Divulgação/Assessoria)

Carreira

Aos 25 anos de idade, Julia Manikk conta que desde muito cedo teve envolvimento com o universo musical, em especial a cultura pop. Cantores como Britney Spears, Kelly Key, RBD e musicais, em geral, fizeram parte da adolescência da jovem cantora. Mas, a música se tornou sua profissão apenas aos 20 anos de idade.

“Quando me mudei para Brasília aos 13 anos, eu comecei a respirar mais a música como eu gostava. Mesmo com a falta de incentivo em muitos momentos, eu não parei de correr atrás, cantei em shopping, metrôs, cantatas de Natal. E somente aos 20 anos investi em equipamentos e tive segurança para arriscar de verdade em viver da música”, explica Julia.

Em 2019, ela lançou quatro singles independentes: ‘Addiction’, ‘Ashes’, ‘Nostalgia’ e seu último single, ‘Holy Water’. Com uma produção ousada, um pouco diferente dos singles anteriores de Julia, Holy Water foi inicialmente escrita para DJs e produtores locais. Manikk também passou um período cantado em Los Angeles (cidade ao sul da Califórnia) para divulgar melhor os trabalhos desenvolvidos por ela.

“Fui procurando como fazer uma carreira acontecer, eu sabia que não eram minhas melhores músicas, mas eu precisava ter alguma coisa no mundo, sabe? Não adiantava ficar sonhando e não ter nenhum trabalho autoral e por isso coloquei mesmo a cara a tapa e arrisquei”, ressalta.

Nova fase

De acordo Julia, a nova fase da carreira tem muito mais a ver com a artista que ela busca ser. O período de reflexão durante a pandemia foi fundamental para o processo de mudança. “A nova fase conversa melhor com quem eu sou hoje. Elas mostram mais da minha personalidade, a música é a única coisa que realmente eu amo fazer, é minha razão de vida e já me ajudou em vários momentos difíceis. Espero que a galera goste, pois ela está prontinha só esperando o dia da estreia”, finaliza.

Os trabalhos de Julia Manikk estão disponíveis em todas as plataformas de streaming, juntamente com um videoclipe, disponível no canal de Julia no YouTube. “Desce e não para” também estará disponível logo após o lançamento.