Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
2 de dezembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Bruno Pacheco – Da Cenarium

MANAUS –  O programa “Cenarium Entrevista” desta terça-feira, 3, recebeu o professor e doutor Ricardo Lins, pesquisador em Ciências da Comunicação que recebeu medalha de honra ao mérito em Lisboa, em Portugal, por ter sido o primeiro aluno da história do doutorado de Comunicação, da Universidade Católica Portuguesa, a criar um verbete. Ricardo Lins obteve nota máxima por unanimidade da banca de avaliadores. A entrevista vai ao ar, às 21h, sob o comando da jornalista Andréa Vieira, e estará disponível nas redes sociais (FacebookYouTube e Instagram) e no site da Revista Cenarium.

“[Foram] noites sem dormir. Eram, pelo menos, 12 a 14 horas de estudo. Dedicação mesmo, sacrifício. Mas eu continuo gostando do meu cafézinho preto, com minha bolacha de motor, sem manteiga, porque já perde o gosto”, brincou Lins.

Lins é formado em Comunicação Social, doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade Católica Portuguesa (2011), possui pós-doutorado em Neurofisiologia Cognitiva pelo UCL – Queen Square Instituto de Neurologia e atualmente é professor universitário. Além do amplo currículo, Ricardo Lins é juiz arbitral do Mercosul pelo Tribunal de Justiça Arbitral do Mercosul, com ênfases em diásporas e processos migratórios, sexualidade e gêneros e combate à homofobia.

À CENARIUM, Lins relembrou sua trajetória como educador de comunicação, na qual atua há mais de 20 anos e chegou a receber um diploma de mérito como formador da primeira turma de comunicadores indígenas de São Gabriel da Cachoeira. Além disso, o pesquisador também pautou temas sociais, como a defesa da causa LGBTQI+ no Amazonas.

“Tenho feito, nos últimos anos, um trabalho muito seguro em cima da questão de que nós somos todos iguais, independente de escolhas, gêneros, o que seja, nós somos iguais. Bato e trabalho muito com a questão dos LGBTQI+. Quantas cores colocarem, quantas letras o arco-íris quiser ter, eu defendo e luto por todas elas”, destacou o educador.

Premiação

Por conta dos relevantes serviços prestados na área educacional, a Câmara Brasileira de Cultura, uma Organização Não Governamental reconhecida internacionalmente, anunciou o professor Ricardo Lins como um dos homenageados no 1º Encontro de Notáveis da Amazônia, que ocorrerá em novembro deste ano. No evento, o educador vai receber o prêmio ‘A Cruz do Mérito Acadêmico e profissional: Comunicação’.

“Fiquei muito surpreso de ter sido indicado e confirmado para o prêmio por unanimidade. Isso me deixou extremamente feliz. Digo que essa comenda não é minha e que eu vou apenas recebê-la, porque ela é de todos os meus alunos e faz parte da minha vida como educador do Ensino Superior”, destacou Ricardo Lins.