Cidades que menos vacinaram contra Covid-19 estão no Pará

Rômulo D’Castro — Da Revista Cenarium

ALTAMIRA (PA) — Na preocupante lista da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o Pará aparece com quatro entre os dez municípios brasileiros que menos vacinaram contra a Covid-19 até agora. 

Três dessas quatro cidades ocupam o topo da lista: São Félix do Xingu, Santana do Araguaia e Cumaru do Norte. Além de Placas, em nona posição. Confira abaixo.

Municípios que menos vacinaram 

*São Félix do Xingu (PA): 15%

*Santana do Araguaia (PA): 19%

Cumaru do Norte (PA): 24%

Vargem Grande (MA): 25%

Amaturá (AM): 26%

Santa Isabel do Rio Negro (AM): 27%

São Cristóvão (SE): 28%

Matões do Norte (MA) 28%

*Placas (PA): 29%

Satubinha (MA): 29%

Negacionismo

A cidade que menos vacinou no Pará, e em todo o Brasil, foi São Félix do Xingu, a mais de 1.000 quilômetros da capital Belém. Segundo a Fiocruz, o município alcançou apenas 15% de imunizados até agora. 

Em entrevista à TV Liberal, o diretor da Fiocruz, Diego Xavier, atribui a baixa adesão no Estado ao enfraquecimento da campanha, principalmente, no cenário federal.

“A gente não tem exemplos, principalmente, na esfera federal, de confiança na vacinação. Pelo contrário, a gente acaba tendo um movimento de desacreditar as vacinas”, analisou o diretor em entrevista a afiliada da Globo.

Distâncias e notícias falsas colaboram para a baixa adesão. De acordo com a Secretaria de Saúde de São Félix do Xingu, há vacinas disponíveis, mas a população não comparece, mesmo com campanhas reforçadas no município. 

O Estado, por meio da Secretaria de Saúde (Sespa), desde o início da pandemia, tem fortalecido campanhas para estimular a vacinação, mesmo em locais mais remotos. 

Além de reforçar a importância da imunização, a Sespa tem travado uma verdadeira guerra contra as “fake news” que inundam a internet com todo tipo de notícia falsa sonde a vacina. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO