Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
29 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Victória Sales – Da Revista Cenarium

MANAUS – Com o intuito de ampliar e aperfeiçoar ainda mais a interação com seus leitores, a REVISTA CENARIUM lançou um novo canal de comunicação, intitulado Carta do Leitor. A iniciativa vai integrar plataformas de comunicação como o WhatsApp, por meio do número (92) 98564-1573, e o e-mail: [email protected]

Por meio dessa nova ferramenta, o leitor vai poder mandar sugestões de pautas, elogios e críticas. Além de detalhar comentários sobre os conteúdos, os participantes podem indicar como aprimorar, ainda mais, o conteúdo editorial da CENARIUM. As manifestações serão publicadas na seção Carta do Leitor, que será lançada nas edições impressas da revista.

De acordo com a diretora-executiva Paula Litaiff, o novo canal de comunicação vai aproximar ainda mais a equipe da revista com o público que consome o material. “Nosso maior objetivo com a CENARIUM é fazer com que o público que consome as notícias, que nós levamos diariamente, seja nosso maior parceiro e, por isso, decidimos criar esse canal, para que a gente possa senti-lo ainda mais perto de nós. Além de ter um retorno do trabalho que nós exercemos”, destacou.

Paula ressaltou ainda que investir nessa comunicação sempre foi uma prioridade para a revista. “Ter esse retorno, sugestões e, até mesmo, as críticas, é muito importante para toda a equipe. Por meio desse canal de comunicação, será possível passar ainda mais as informações de uma forma com que o público goste e aceite. Por isso, nossa prioridade é tornar esse relacionamento melhor”, afirmou Paula.

“Nosso maior objetivo com a CENARIUM é fazer com que o público que consome as notícias, que nós levamos diariamente seja nosso maior parceiro”, Paula Litaiff, diretora-executiva da REVISTA CENARIUM.

Preferências do público

“Esta relação do leitor com a CENARIUM será muito importante até mesmo para renovar ideias sobre textos futuros. Manter um relacionamento mais estreito com o público que consome o material da revista é muito importante. Agora, poderemos identificar pontos que podem ser mudados e pontos que podem melhorar cada vez mais”, reforçou Paula.

Visão digital

Segundo o especialista em Jornalismo de Dados e Marketing Digital e consultor, Raphael Cortezão, a visão do público como uma massa de pessoas que apenas consome passivamente o conteúdo da mídia ficou para trás ainda na década de 1990. Já que há tempos, as pessoas têm buscado se sentir mais ouvidas, mais contempladas e representadas nas publicações jornalísticas.

“Tenho reforçado, nos últimos anos, a necessidade de a imprensa entender e utilizar, cada vez mais e melhor, instrumentos de participação ativa da sociedade não só no consumo, mas também na produção da informação, por isso é tão importante estreitar essa relação com o público leitor”, afirmou Raphael.

O consultor destaca ainda que a credibilidade dos veículos de mídia deixou de ser automática. “Agora, ela precisa ser conquistada diariamente. Abrir espaço para que as pessoas participem ativamente do processo de construção e melhoramento das notícias representa um ganho não só para o veículo de mídia, mas também para o amadurecimento do exercício de participação democrática dos cidadãos”, finalizou Cortezão.