29 de novembro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

Carolina Givoni – Da Revista Cenarium

MANAUS – Comoção e revolta tomam conta das redes sociais nesta sexta-feira, 20, no Dia da Consciência Negra. Nas imagens que circulam no twitter, mostram a morte de João Alberto Silveira Freitas, um homem negro de 40 anos, espancado por dois homens brancos em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul e ressaltam que não há muito o que celebrar.

Usando as tags #VidasNegrasImportam e #DiadaConscienciaNegra, os usuários do microblog cobram providências da rede de supermercados Carrefor, onde a vítima foi agredida por seguranças da rede.

Um dos suspeitos é policial militar e foi levado para um presídio militar. O outro é segurança da loja e está em um prédio da Polícia Civil. A investigação trata o crime como homicídio qualificado.

Assassinatos de negros aumentam

O Atlas da Violência 2020 indicam que os assassinatos de negros aumentaram cerca de 11,5% em dez anos, enquanto os de não negros caíram 12,9% no mesmo período. Entre os negros, a taxa de homicídios no Brasil saltou de 34 para 37,8 por 100 mil habitantes entre 2008 e 2018.

O relatório também mostra que, em 2018, os negros representaram 75,7% das vítimas de todos os homicídios.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.