Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
29 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Luciana Bezerra – Da Revista Cenarium*

Manaus – As autoridades de saúde da china confirmaram 49 casos de coronavírus, a maioria está concentrada na capital Pequim. O governo municipal informou que a cidade está em estado de guerra novo surto da doença, que já deixou mais de 100 pessoas infectadas desde a última quinta-feira (11).

Além de teste e medidas de prevenção, cerca de 30 áreas residenciais da região foram colocadas em quarentena por 14 dias para conter a disseminação do vírus.

De acordo com as autoridades da Organização de Saúde (OMS), divulgadas nesta segunda-feira (15), as origens de uma nova alta nas infecções pelo novo Coronavírus em Pequim não são certas, descrevendo como “hipóteses” a alegação de que poderia ter sido causada por importações ou empacotamento de salmão, no mercado de Xinfadi, em Pequim. 

Vários distritos da capital chinesa instalaram postos de verificação, fecharam escolas e determinaram que as pessoas fossem testadas para o novo coronavírus, após o aumento inesperado nos casos da doença relacionado ao maior mercado atacadista de alimentos da Ásia.

Mike Ryan, chefe do Programa de Emergências da OMS, disse em entrevista por videoconferência que seria “reticente” afirmar que a embalagem precisa ser testada para o vírus como resultado das novas infecções.

Sobre o Brasil, Ryan falou, lembrou, nesta segunda-feira (15), que o país é um dos registram número crescente de casos de Covid-19 e que a situação é preocupante na América Central.

Balanço da doença no cenário internacional e no Brasil

Depois de 24 dias sem infecções, a Nova Zelândia, confirmou dois novos casos de Coronavírus, segundo autoridades de saúde do país, os dois pacientes viajaram recentemente para o Reino Unido. A Nova Zelândia, encerrou na semana passada todas as restrições de isolamento, com exceção dos controles de fronteiras.

Os Estados Unidos continuam sendo o país mais afetado pela pandemia do novo Coronavírus. Mas, pelo segundo dia consecutivo, registrou menos de 400 mortes provocadas pela Covid-19. O número de mortes em decorrência da doença é de mais de 116 mil e mais de 2 milhões de casos foram diagnosticados. 

De acordo com um levantamento da Universidade Johns Hopkins, o número de casos registrados de Covid-19 em todo o mundo, ultrapassou a marca de 8 milhões e mais de 437 mil pessoas morreram por causa do novo Coronavírus. 

No Brasil, de acordo com o último boletim divulgado nesta segunda-feira (15), pelo Consórcio de Veículos de Imprensa, são 891.896 casos confirmados em todo o país e 44.148 mortes em decorrência da doença. 

(*) Informações da Agência Brasil