Coronavírus pode ter circulado em outro lugar antes de Wuhan, diz OMS

Com informações do G1

Representantes da missão da Organização Mundial de Saúde (OMS) da China para descobrir as origens do novo coronavírus disseram, nesta terça-feira, 9, que o vírus pode ter circulado em outro lugar antes de Wuhan, cidade chinesa onde foi detectado pela primeira vez o vírus.

A entidade também disse que a hipótese de que o vírus tenha sido vazado em um acidente de laboratório é “extremamente improvável” e não requer mais estudos.

O chefe da equipe chinesa da OMS também disse que não há evidências de que o vírus estivesse circulando antes de dezembro de 2019, quando os primeiros casos de Covid no mundo foram relatados.

“Não há indicação da transmissão do Sars-Cov-2 na população do período anterior a dezembro de 2019”, disse Liang Wannian, chefe da equipe da China.

O especialista em vírus Peter Ben Embarek, que participou da missão da OMS, também disse que a apuração revelou novas informações, mas não mudou dramaticamente o cenário da pandemia.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO