Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
22 de outubro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – A pandemia do novo Coronavírus já infectou em torno de 902 indígenas Yanomami entre os Estados do Amazonas e Roraima. De acordo com dados do monitoramento da Rede Pró-Yanomami e Ye’kwana, divulgados e atualizados nessa segunda-feira, 21, apenas na Terra Indígena (TI) da etnia dos dois Estados, foram registrados 695 casos da doença (77% do total).

A entidade releva também que cerca de oito Yanomami morreram em decorrência da Covid-19 nos dois Estados. Ainda segundo o estudo, 10 óbitos pela doença estão sendo investigados. A Terra Indígena Yanonami, na região entre o Amazonas e Roraima, tem aproximadamente 28.785 indígenas.

Legenda: Maloca dos Yanomami isolados. Guilherme Gnipper /Funai/Acervo HAY, 2016.
Maloca dos Yanomami isolados (Guilherme Gnipper /Funai/Acervo HAY, 2016)

Somente no Amazonas, são 480 Yanomami com a Covid-19. Desses, 430 dos infectados foram registrados em Terras Indígenas. A comunidade com mais casos (108) é a de Maturacá, que fica próxima ao Pico da Neblina, na região de Santa Isabel do Rio Negro, ao Norte do Amazonas.

Fonte: Rede Pró-Yanomami e Ye’kwana

De acordo com o levantamento, além dos casos da Covid-19 nas TI, o Estado também registra infectados, 4 casos, na Casa de Saúde Indígena, no município de São Gabriel da Cachoeira, cuja população é 97% indígena.

Fora da Casa, de acordo com o boletim, há um novo indígena com diagnóstico positivo no município. Já em Santa Isabel do Rio Negro, são 45 casos confirmados.

Roraima

Em Roraima, aponta a entidade, são 397 Yanomami com a Covid-19. Desses, 266 foram registrados em Terras Indígenas. As comunidades do Alto Mucajaí, Maiá e Demini despontam como as que mais registram casos de infectados no Estado.

Conforme a Rede Pró-Yanomami e Ye’kwana, a Casa de Saúde Indígena Yanomami de Roraima registra 109 casos da doença, enquanto a capital Boa Vista tem 22 contaminados. No município de Alto Alegre, em Roraima, há a confirmação de apenas um diagnóstico positivo para a doença em Yanomami.

Investigados

Do total de infectados, o levantamento da entidade aponta que 25 casos confirmados da Covid-19 são de indígenas com locais de contaminação ainda não localizados. Além disso, há o registro de 16 casos suspeitos de contaminação que aguardam resultado.

O monitoramento realizado pela entidade é feito por colaboradores e organizações indígenas, além de dados da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde.