Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de julho de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml
Priscilla Peixoto – Da Revista Cenarium

MANAUS – O projeto “Crianças do Gueto” foi fundado pelo rapper e autônomo Huilame Andrade, de 25 anos, com a premissa de proporcionar atividades educativas e culturais para crianças carentes do bairro Cachoeirinha, zona Sul de Manaus. A iniciativa vai completar quatro anos de existência e reúne, todo dia 12 de outubro, crianças de três a 13 anos, para um dia de oficinas.

Entre as atividades direcionadas aos pequenos, estão o grafite, capoeira, aulas de DJ e teatro. Além do maracatu e jiu-jítsu, palestras sobre higiene bucal, educação ambiental e outras pretendem conscientizar os jovens. De acordo com o fundador do Huilame, mais de 300 crianças já foram beneficiadas com ação social que, neste ano, em função da pandemia, está com uma dinâmica diferenciada.

“A ideia inicial era fazer a ação com o programação educacional e cultural junto a doações de brinquedos e lanches. Porém, nos vimos na obrigação de ajudar essas crianças e suas famílias com doações de cestas básicas durante estes meses difíceis que a pandemia tem nos submetido”, conta Huilame.

A ação social visa ajudar crianças carentes da zona Sul (Reprodução/ Arquivo Pessoal)

Necessidade e oportunidades

Huilame avalia que no cenário atual, iniciativas que auxiliem o próximo são de fundamental importância para atenuar as dificuldades desencadeadas pela pandemia. Além disso ele acredita na força do movimento hip-hop e no resgate e incentivo de crianças, que podem fazer da arte e a música como alternativa para não cair nos perigos e armadilhas, decorrentes da situação socioeconômica em que vivem.

“O valor dessa iniciativa é imensurável, pois, a partir do momento que você dá oportunidade das crianças e jovens, vê de perto nosso movimento hip-hop se estendendo como ação social que oferece para elas a segurança de que nossa presença é para fazer o bem. Incentivando novas ideias, possibilidades de interação, levando um pouco mais de afeto e amor ao próximo e deixando a mensagem principal de que elas podem ser o que quiserem, basta fazer o bem e focarem nos sonhos e nos estudos”, destaca.

Ajuda

Por conta da agenda atípica causada pela pandemia, a distribuição de cestas básicas e brinquedos continua e, de acordo com o fundador do projeto “Criança do Guetto”, aqueles que desejam ajudar doando tanto alimento quanto os objetos infantis, podem entrar em contato pelos número (092) 99235-7821 ou por meio da rede social @criançasdoguetto.

Se preferir, o voluntário também pode levar as doações até o ponto de coleta situado na avenida Ajuricaba, número 84, bairro Cachoeirinha, zona Sul de Manaus. No caso de valores em dinheiro, há alternativa de transferência via PIX por meio da chave: 99235-7821. “Quem tiver interesse em somar conosco, é só chegar, hoje temos umas 15 pessoas que participam da programação.