21 de janeiro de 2021

Caroline Viegas – Da Revista Cenarium

MANAUS – A capital amazonense, localizada no centro da floresta amazônica, recebe todos os anos milhares de turistas atraídos pelas riquezas naturais e históricas. Apesar disso, críticos avaliam que Manaus ainda é vista como uma cidade exótica e misteriosa. Portanto, a REVISTA CENARIUM entrevistou residentes internacionais para avaliar se impressões turísticas da região estão presas a estereótipos.

Para a holandesa Liza Silva de 35 anos, fundadora da Organização Não Governamental (ONG) Pessoas Desaparecidas Brasil-Holanda (PDBeH), houve um certo receio em pisar em solo amazonense.

“Eu tinha muito medo de ir a Manaus, porque achava que em todos os lugares teriam bichos como cobras, aranhas e outros animais perigosos que podem nos atacar. Foi muito estranho, pois eu vi que era totalmente diferente, que existia uma cidade de verdade, que tem tudo. Casas, apartamentos, grandes prédios, é normal”, conta.

Liza Silva em uma viagem pela Amazônia (Reprodução)

“Eu realmente me apaixonei pelo Amazonas, já visitei 14 Estados brasileiros e Manaus é a cidade mais bonita por onde passei, com certeza. Acho que todo mundo deveria conhecer. É como se você visitasse mundos diferentes no mesmo lugar. Fiz passeios amazônicos e posso dizer que quando você sai da floresta e chega na Capital parece que são dois mundos diferentes. É incrível”, destacou Liza.

Turismo selvagem

Em uma rápida pesquisa pela web, é possível localizar vários anúncios de agências de turismo, que oferecem “pacotes aventura”, reforçando a ideia de “cidade primitiva” e a exploração do turismo selvagem, onde animais são utilizados como principal atração turística.

Por essa razão, moradores do exterior, como o estudante norte-americano Antony Mont de 28 anos, ao ser indagado sobre visita à capital, endossam o discurso estereotipado. “Com certeza seria um dos lugares brasileiros que eu gostaria de visitar, por ser diferente de tudo, exótico, talvez?”, indagou ele.

Praia da Ponta Negra, um dos cartões-postais da capital
amazonense (Reprodução/ Internet)

Antony também destaca que a capital amazonense seria um local ideal para ter contato com a vida silvestre. “Acho que é o único lugar no mundo que eu encontraria um turismo realmente diversificado. Eu gostaria muito de conhecer, principalmente pra ver de perto aqueles animais bonitos como a onça. Aqui (nos EUA) nós não temos essa chance”, explicou .

Turismo em Manaus

Conforme dados da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), apenas em 2019, Manaus recebeu 624.744 turistas, representando um crescimento de 2,76% em relação a 2018. Do total, 223.714 dos visitantes eram estrangeiros. Em relação à origem, no topo da lista estão países como os Estados Unidos, Alemanha e França.

O relatório do órgão traz ainda, a intenção de retorno dos turistas. Em relação aos estrangeiros, mais de 70% afirmaram que desejam retornar à capital.

Região do Largo de São Sebastião é um dos mais visitados por turistas que vêm ao Amazonas (Reprodução/ Amazonastur)

Recomendação

Uma pesquisa realizada em julho de 2019 pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (FeComércio), apontou que 60% dos turistas estrangeiros afirmaram que a viagem à Manaus superou as expectativas e que 79% deles pretendem recomendar o município como rota turística.

Torre de Observação da Reserva Florestal Adolpho Ducke no Museu da Amazônia (Reprodução/ Musa)

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.