Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
20 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – A Câmara dos Deputados aprovou, através da Comissão de Enfrentamento à Pandemia da Covid-19, nesta quarta-feira, 22, o requerimento que pede prioridade na fiscalização dos hospitais e maternidades da rede pública de Manaus. A capital será a primeira a receber visita técnica dos parlamentares, prevista para a próxima semana.

A proposta, de autoria do deputado federal Delegado Pablo (PSL), solicita visitas técnicas às principais unidades de saúde da capital para acompanhar as ações preventivas ao novo Coronavírus.

De acordo com o parlamentar, a situação da saúde pública do Amazonas é grave e as denúncias de profissionais de Saúde estão sendo amplamente divulgadas pela imprensa.

“Recebo nas minhas redes sociais apelos de profissionais de Saúde que não têm equipamentos de proteção individual (EPIs). O Coronavírus está, também, matando indiretamente. No estado do Amazonas, a cidade de Manaus tem um número que é indiscutível (de casos e de mortes)”, denuncia.

Para José Ricardo (PT) é importante que a Câmara investigue o governo do Amazonas e o andamento dos serviços de atendimento à população, que avaliou como precários. Segundo Ricardo, o governo federal tem agido lentamente para ajudar o estado no combate à Covid-19.

“Inclusive, peço que o deputado Pablo cobre também, como estou cobrando, que o governo (federal) libere os pouco mais de R$ 90 milhões de emendas parlamentares, que encaminhei na cobrança, junto ao Ministério da Saúde e Economia, e até agora nada”, desabafou.

Nova reunião

Marcelo Ramos (PL-AM), um dos seis membros da Comissão Externa criada para acompanhar as ações de combate à Covid-19, informou que a Câmara se reunirá nesta quinta-feira, 23, para discutir a situação da pandemia no Amazonas.

A reunião deve acontecer a partir de 9h30. “Todos aqui no parlamento estamos muito preocupados com os rumos e a gravidade que a crise do coronavírus está tomando em nosso estado”, disse Ramos, acrescentando que tragédia maior será se a doença se espalhar no interior.

Coronavírus

O boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) desta quarta-feira, 22, mostra que o Amazonas registrou o número de 2.479 casos do novo Coronavírus, vírus que causa a doença Covid-19. O estado também chegou a macara de 207 mortes, sendo 14 novos óbitos pela doença nas últimas 24 horas.

Veja também: Casos de Covid-19 no Amazonas sobem para 2.479, diz FVS

A capital Manaus tem o maior número de infectados, com 1958 casos, enquanto o interior divide 521 casos entre 32 cidades. Manacapuru, com 230 casos e 14 mortes, segue sendo o município da região metropolitana com o maior número de casos confirmados e de óbitos.

Susam

Em nota, o governo do Estado informou que ainda não foi comunicado do requerimento, mas que está aberto a fornecer as informações que a Comissão requisitar sobre o assunto.

Ainda segundo a nota, o governo também avalia que é “bem vinda qualquer contribuição do parlamento federal para ampliar o enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Amazonas”.