Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
23 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Gisele Coutinho – Da Revista Cenarium

MANAUS – Avós são sinônimos de carinho, cuidado e amor. Neste domingo, 26, é comemorado o Dia de Santa Ana, avó de Jesus e mãe de Maria e também é celebrado o Dia dos Avós, aqueles que para muitos são como “segundos pais” ou pais eternos. 

Este ano, em decorrência da pandemia do novo Coronavírus, netos de famosos e anônimos ao redor do mundo, aproveitam as redes sociais para fazer homenagem a seus avós através de fotos e mensagens repletas de afeto e amor.

O cantor Gilberto Gil, usou sua conta no Instagram para homenagear netos e bisnetos. Na legenda da foto, Gil divide com os seguidores a alegria de ser avô e bisavô.

“As definições de ‘a paz invadiu o meu coração’ foram atualizadas. Um avô reunido com seus netos amados não quer guerra com ninguém e sente muita saudade no período de isolamento que estamos vivendo. Lembrança cheia de saudade dos queridos netos” (Divulgação / Instagram)
Maria de Nazaré e o neto Bento Brelaz em momento de amor e carinho (Ricardo Oliveira)
Maria de Nazaré e seu neto Bento Brelaz (Foto: Ricardo Oliveira)

A avó do pequeno Bento Brelaz, Maria de Nazaré, mora no Rio de Janeiro. Mas, afirma que o distanciamento social não interfere na relação dela com o neto, já que ambos moram em cidades diferentes. Apesar da distância os dois estão sempre conectados.

“O Bento mora em Manaus e eu, no Rio. Mas mantemos contato através de chamadas de voz e de vídeo quase diariamente. Claro que nada substitui o contato físico, sempre que posso viajo para a cidade para amenizar a distância e a saudade”, destaca Maria.

A atriz e apresentadora Regina Casé também explodiu o fofurômetro, neste domingo, para demonstrar o carinho que tem pelo neto e postou um vídeo dos dois, na sua rede social.

O amor entre a aposentada amazonense Neuza Santos e a pequena Sofia Santos, 5 anos, começou muito antes da menina nascer, em 2015. Segundo a aposentada, que também é avó de seis netos, já grandes, a pequena Sofia veio para alegrar sua vida, apesar de ser tia-avó da menina o enlace entre as duas é muito forte.

“Sou irmã da avó oficial da Sofia, que infelizmente, não está mais entre nós. Sem dúvida, se minha irmã fosse viva ela daria muito carinho e amor para sua netinha. Nunca foi minha intenção tomar esse posto. Desde que a Sofia nasceu, minhas filhas e eu sempre tivemos muito carinho por ela e me considerava tia dela. Mas um dia, a Sofia entrou na escola e, em 2019, minha sobrinha, mãe dela, me chamou para participar do Dia da avó durante uma homenagem na escola. Recebi o convite com muito afeto, pois amo essa menina intensamente”, descreve a aposentada.

A pequena Sofia e sua tia-avó, Neuza Santos, durante festinha da escola da menina, no Dia dos Avós, em 2019 (Divulgação / Instagram)

História

Em 1584, o Papa Gregório XIII fixou 26 de julho como o dia para celebrar Santa Ana. Na década de 1960, o Papa Paulo VI juntou a esta data a comemoração de São Joaquim também. Assim, por causa da história da dedicação dos pais de Maria, que se mantiveram unidos mesmo nas adversidades, que o dia de 26 de julho passou a ser considerado o dia dos avós.

(*) Colaborou a jornalista Luciana Bezerra, da Revista Cenarium