Diego Afonso diz ao PSL estar ‘preparado’ para disputar a prefeitura

Da Revista Cenarium

MANAUS – O vereador Diego Afonso, novo integrante do PSL-AM, que assumiu a Presidência Municipal e a liderança da sigla, afirmou à Revista Cenarium que está disponível para ser o representante do partido na disputa pela prefeitura de Manaus nas eleições 2020. O pedido ainda está sendo avaliado e logo poderá ser confirmado ou descartado.

“Meu nome está à disposição do PSL. Foi isso que coloquei no PSL nacional. Eu me sinto preparado, apesar de ser um vereador de primeiro mandato, mas tenho uma longa estrada de militância e muita experiência de iniciativa privada, como secretário, superintendente”, disse o vereador.

Em 2016, o parlamentar se filiou ao PDT-AM e foi eleito para seu primeiro mandato como vereador. Quatro anos mais tarde, em março deste ano, Diego Afonso anunciou sua desfiliação do partido e alegou que o grupo “fraquejou”, além de não oferecer mais espaço para que ele pudesse desenvolver seus projetos.

Afonso se filiou ao Partido Social Liberal recentemente a convite do diretório nacional e estadual.

“A gente vem com uma missão de realmente apresentar um projeto novo para a cidade de Manaus. A nossa missão é fazer sim um grande trabalho à frente do diretório, dividindo com outros pré-candidatos que integraram esse projeto, sempre seguindo a ideologia liberal do partido”, afirmou.

Liberalismo Econômico

Para o vereador, o fator determinante para que ele aceitasse o convite de se filiar ao PSL, foi a autonomia e a “carta branca” que ele teria para construir um novo projeto, além do liberalismo econômico – a não intervenção do estado na economia – defendido pelo partido.

“Sempre defendi muito o liberalismo econômico, sempre tive uma defesa em favor do micro e pequeno empresário, do comércio da nossa cidade e comunga com a ideologia social liberal. Temos um grande líder nacional que busca a redução da carga tributária, o liberalismo econômico, e é dessa forma que a gente trabalha na Câmara Municipal de Manaus (CMM)”, enfatizou o parlamentar.

Desafio

Segundo o vereador, seu maior desafio à frente do partido é construir algo novo para Manaus, que “cresce sem nenhum planejamento e nenhum projeto plausível”, diz ele.

“Vamos transformar em um plano de governo que esteja à altura da nossa cidade e que possa ser debatido com a população. Eu não vejo outra forma de construir um projeto sem a nossa militância, sem discutir com a população”, finalizou.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO