Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de julho de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Com informações do O Globo

RIO DE JANEIRO – Preso desde a última quarta-feira, 19, Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, teve seu habeas corpus negado pela Justiça no sábado. No dia anterior, ele havia sido transferido para o presídio Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz, na região metropolitana de Fortaleza, no Ceará. Ao chegar na unidade prisional, precisou seguir os procedimentos de praxe e teve seu cabelo raspado.

O presídio onde está é de segurança máxima. Até então, ele estava detido na Delegacia de Capturas de Fortaleza. Depois da recusa judicial sobre sua soltura, ele permanece preso de forma preventiva, por risco de fuga, por tempo indeterminado e fica à disposição do Poder Judiciário. Se for condenado por lesão corporal, DJ Ivis pode ter uma pena máxima de três anos em regime aberto ou semiaberto.

Iverson de Souza Araújo, de 30 anos, é investigado pela Polícia Civil por ter agredido a ex-companheira, Pamella Hollanda, com socos, chutes e pontapés na frente da filha dos dois, um bebê de 9 meses. Ivis estava em um condomínio de luxo em Aquiraz (CE).

Um vídeo registrado por câmera de segurança interna do apartamento dos dois flagrou a agressão e foi divulgado por Pamella, no dia 11 de junho. Em suas redes sociais, ela também publicou fotos de seu rosto machucado pelas agressões, que aconteceram em março deste ano.