8 de março de 2021

Com informações do G1

Apesar de Donald Trump ter se recusado a participar das cerimônias de transferência de poder ao seu sucessor, Joe Biden, ele deixou nesta quarta-feira, 20, uma carta no salão oval, o escritório da Casa Branca, de acordo o porta-voz da presidência, Judd Deere.

Ainda não se sabe qual o conteúdo da nota. Trump não quis participar da cerimônia de posse de Biden. Ele deixou a Casa Branca às 8h de Washington e decidiu passar seus últimos momentos como presidente em seu resort na Flórida.

Deixar uma nota para o sucessor é uma tradição que começou na transferência de poder entre Ronald Reagan e George H.W. Bush.

Quatro anos depois, Bush deixou um papel com um texto maior para Bill Clinton. O texto era encorajador, dizia para que Clinton não se deixasse desanimar e desejava sucesso.

No velório de Bush, Clinton descreveu as palavras de seu antecessor como honradas, graciosas e decentes, e disse que elas representavam também o próprio político.

George W Bush, filho de George H. W. Bush, recebeu uma carta de Bill Clinton.

E o segundo Bush também deixou uma carta para Barack Obama, em que o parabenizava e incentivava.

Obama deixou uma carta mais longa a Donald Trump. O texto tinha um tom mais distante, no entanto. Depois de assumir o poder, Trump disse que ligou para Obama para agradecer pela carta.