Em Canutama, no AM, decreto quer evitar contágio de Covid-19 apenas nos fins de semana

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – Com 174 casos confirmados do novo Coronavírus no município, o prefeito de Canatumã (a 615 quilômetros de Manaus), Otaniel Lyra de Oliveira (PP), decretou toque de recolher aos sábados e domingos, no período 20 de julho a 20 de agosto deste ano, entre as 20h e as 4h. A medida pode ser prorrogada e foi publicada nesta sexta-feira, 24, no Diário Oficial dos Municípios (DOM) do Amazonas.

De acordo com o documento, fica instituído o confinamento domiciliar obrigatório, ficando terminantemente proibida a circulação de pessoas com ou sem veículo de qualquer natureza, exceto nos casos de emergência ou de acesso e prestação de serviços essenciais, mediante comprovação.

A prefeitura considerou a constatação da “abrupta proliferação do vírus no município” nos últimos dias, contando até o dia 18 de julho deste ano 170
casos confirmados, sendo que destes, 72 casos foram constatados por transmissão comunitária, conforme dados fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), “surgindo, portanto, a necessidade de resguardar o interesse da coletividade na prevenção de contágio pelo novo Coronavírus”, diz.

O descumprimento das medidas estabelecidas pelo decreto poderá
acarretar a aplicação de pena que pode chegar a um ano de prisão, além de multa e apreensão de veículos ou outros meios de transporte.

“Em razão do toque de recolher, fica terminantemente proibida a circulação e permanência de pessoas em locais públicos, tais como praças, parques, orla, ruas, balneários e logradouros, objetivando evitar o contato e a aglomeração”, diz o artigo 5º do decreto.

Confira o decreto

Decreto publicado no DOM, sobre toque de recolher no município de Canutama, interior do AM.

Ficam proibidos, ainda, eventos e reuniões para a celebração de aniversários, casamentos, confraternizações, e outros, de membros não integrantes do grupo familiar residentes no mesmo local, a fim de evitar o contato e a aglomeração.

No mesmo documento, a prefeitura prorrogou as medidas restritivas e obrigatórias de isolamento social pelo período de 30 dias.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO