Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de junho de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Gabriel Abreu – Da Revista Cenarium

MANAUS – O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), entregou nesta quarta-feira, 9, seis mil cartões do Auxílio Estadual Enchente e seis mil cestas com alimentos não perecíveis para famílias da capital afetadas pela cheia do rio Negro. As ações fazem parte da Operação Enchente 2021, executada pelo governo do Estado. A capital registrou a maior enchente dos últimos 118 anos no sábado, 5, quando o nível do rio chegou a 30 metros.

Nesta quarta-feira, no Centro de Convivência do Idoso, bairro de Aparecida, na zona Sul, Wilson Lima entregou os Cartões do Auxílio Estadual no valor de R$ 300 e cesta com alimentos não perecíveis para moradores dos bairros de Aparecida, Glória e São Raimundo. Segundo a Defesa Civil, 5.990 famílias serão beneficiadas com os cartões e cestas por meio da Operação Enchente em Manaus.

“Hoje nós estamos iniciando um trabalho de ajuda humanitária pelas pessoas que estão tendo suas casas invadidas ou que de alguma forma estão tendo sua casa atingida pela subida dos rios. Estamos entregando um cartão no valor de 300 reais, e isso é importante, pois o cartão dá liberdade para as famílias atingidas comprarem aquilo que é mais necessário nesse momento, às vezes, é medicamento, às vezes, é uma peça de roupa, às vezes, é cesta básica, é combustível, é madeira”, afirmou Wilson Lima.

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), entrega cartões do Auxílio Enchente e cestas básicas a famílias afetadas pela cheia dos rios (Gabriel Abreu/Revista Cenarium)

Famílias atingidas

A previsão do Governo do Amazonas é que aproximadamente 120 mil famílias sejam atingidas com a subida das águas neste ano. Em todo o Estado, já foram distribuídos 30 mil cartões do Auxílio Enchente. Até o momento, são 50 municípios em situação de emergência, segundo o Centro de Monitoramento e Alerta (Cemoa). Assim como ocorre em Manaus, as ações da Operação Enchente foram levadas para diversas cidades.

Operação Enchente

Em março, Wilson Lima lançou a Operação Enchente, estimada em R$ 97 milhões, para levar ajuda humanitária como cestas básicas, água potável, madeira e operações financeiras – crédito e perdão de dívidas – aos municípios.

Como parte do pacote, o governo do Estado distribuiu o Cartão Estadual Auxílio Enchente, voltado para atender 100 mil famílias que foram afetadas pela elevação do nível dos rios no Estado. O benefício é pago em parcela única.