Em Rondônia, dupla é presa em flagrante com 3,8 quilos de ouro avaliados em R$ 1,5 milhão

Ouro apreendido foi transportado do Amazonas para Rondônia (Divulgação/PC-AM)
Da Revista Cenarium*

MANAUS (AM) – Dois homens identificado como José Ivan Silva do Carmo e Jamil Elias Filho foram presos em flagrante nessa terça-feira, 28, no Aeródromo Zirondi, em Porto Velho, Rondônia, em posse de 3,8 quilos de ouro, avaliados em R$ 1,5 milhão. A ação ocorreu em conjunto com a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado em Rondônia (FICCO-RO), da Polícia Federal (PF).

Conforme o delegado Rodrigo Torres, diretor Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc), a equipe do departamento já estava investigando o caso. Eles tomaram conhecimento de que uma aeronave de pequeno porte havia saído do município de Japurá (a 744 quilômetros de Manaus) com destino a Porto Velho, transportando uma quantidade significativa de ouro sem procedência. A Polícia Federal foi acionada.

“Os policiais da FICCO chegaram ao Aeródromo Zirondi e, assim que a aeronave aterrissou, foi realizada a abordagem. Nessa ocasião, encontraram um pequeno lingote de ouro envolto em esparadrapo e uma peça de motor que continha o ouro”, disse o delegado.

PUBLICIDADE
Minério foi avaliado em R$ 1,5 milhão (Divulgação/PC-AM)

Segundo o delegado, Jamil estava pilotando o avião. Ele negligenciou a propriedade do mineral, afirmando que pertencia a um indivíduo chamado “Chico”. No entanto, não forneceu a identidade do homem, nem qualquer informação que pudesse localizá-lo. José Ivan foi preso no local, pois seria a pessoa responsável pelo transporte do material apreendido.

“Ambos informaram que não tinham conhecimento da origem do ouro. O material foi pesado e, de acordo com a cotação do dia, seu valor corresponde a R$ 1,5 milhão. Dois aparelhos celulares também foram apreendidos”, relatou Torres.

A dupla foi autuada por crime de usurpação de bem público da União e ficará à disposição da Justiça.

Leia mais: Garimpo: MPF denuncia cooperativa e dirigentes por extração ilegal de ouro no AM
(*) Com informações da assessoria
PUBLICIDADE

O que você achou deste conteúdo?

Compartilhe:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.