Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
15 de maio de 2021

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC
Acompanhe nossas redes sociais

Com informações da Folha de S. Paulo

MANAUS – Na véspera da eleição presidencial do Peru, o País registrou seu recorde de mortes em 24 horas desde o início da pandemia de coronavírus. O Ministério da Saúde informou que 384 óbitos foram registrados neste sábado, 10, o que elevou o total para 54.669 vítimas.

O número vem em uma sequência de altas — antes deste sábado, a maior marca alcançada era de 314 mortes, na quarta-feira, 7, — e em meio a hospitais saturados, falta de oxigênio e um esforço do governo para obter vacinas suficientes.

Neste domingo, 11, milhões de peruanos vão às urnas escolher seu novo líder em uma disputa fragmentada. Dos 18 candidatos na disputa, nenhum tem mais de 10% das intenções de voto nas principais pesquisas, e os sete primeiros estão embolados com diferenças que variam de centésimos a cinco pontos percentuais.

O Peru soma mais de 1,6 milhão de casos de Covid-19 desde o início da pandemia, segundo dados do governo. De acordo com dados do Our World in Data, até quinta-feira, 8, apenas 1,9% da população havia recebido ao menos uma dose da vacina.