Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
29 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Carolina Givoni – Da Revista Cenarium

MANAUS – Duas falhas de internet comprometeram a transmissão da sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE/AM) desta quarta-feira, 10. Por conta da instabilidade, o expediente foi iniciado com atraso de seis minutos e nem o presidente da Casa, Josué Neto (PRTB), conseguiu “logar” e teve que passar o comando à vice-presidente Alessandra Campelo (MDB).

Alessandra diz por conta das condições técnicas, seria ideal manter as sessões de forma híbrida, com parte dos deputados em plenário e número reduzido de servidores. “Acredito que quando temos os gabinetes funcionando, o trabalho rende mais porque se tem acesso à tecnologia e ao sistema, ao material necessário. Portanto, acredito que devemos voltar de forma híbrida. Pessoas do grupo de risco devem continuar em casa, bem como aqueles que ainda não se sentem seguros, e com número reduzido de servidores, trabalhando de forma segura e reduzida. Dessa forma, creio ser possível, sim, ir retomando”, defende.

Na véspera do feriado, apenas o pequeno expediente contou com apenas as declarações completas dos parlamentares Adjunto Afonso (PDT), João Luiz (Replublicanos) e a interrupção durante discurso de Dermilson Chagas (Podemos), que retomou a fala após a reconexão da sessão.

Em seguida Serafim Correa (PSB) e Therezinha Ruiz (PSDB) completaram o tempo de fala, e no fim Mayara Pinheiro (PP) foi interrompida pelo corte na transmissão e não finalizou o discurso. Após a segunda queda, a sessão foi suspensa.

Oscilações

Em nota, a Assembleia Legislativa informa que em razão de oscilações no serviço de internet que afetaram o sistema de infra do datacenter do Poder Legislativo, a Sessão Plenária virtual desta quarta-feira (10) precisou ser finalizada antes do horário previsto. Foram duas interrupções seguidas. No primeiro momento a transmissão foi normalizada, entretanto, na segunda queda do serviço não houve possibilidade de normalização.