Em vídeo, delegado Pablo se defende das acusações deflagradas pela Polícia Federal nesta sexta, 15

Mencius Melo – da Revista Cenarium

MANAUS – Em um vídeo curto, de dois minutos e dez segundos, o deputado Federal pelo Amazonas, Delegado Pablo (PSL), criticou a operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta sexta-feira, 15. A operação denominada de ‘Seronato’, visa combater crimes de corrupção, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro e teve como alvo, o deputado, dois de seus familiares, a ex-sócia e dois empresários.

No vídeo, o parlamentar se diz surpreso com a operação. “Fui surpreendido na data de hoje [15], por uma operação policial, na porta da minha casa. Isso nunca aconteceu na minha história e ninguém tem nenhum fato a respeito disso para se falar”, declarou Pablo.

Ainda segundo ele, as acusações, das quais é alvo, são mentirosas. “Ao analisar a operação percebi que se tratavam de acusações mentirosas, infundadas, descabidas, sobre supostos fatos de oito anos atrás”, destacou.

E cutucou…

Na sequência do vídeo, o parlamentar chama atenção para o momento atual e os possíveis escândalos de saúde, lançando suspeitas sobre a operação. “Ninguém quis investigar o que está acontecendo em escândalos de saúde no ano atual (sem dizer se se refere ao Estado do Amazonas) ou em vários Estados da federação não! Foram investigar um delegado de Polícia Federal com uma pressa esse ano, sobre fatos de oito anos atrás”, desabafou.  

Exaltou biografia

Para contrapor, o deputado exaltou seu histórico como servidor público. “Sempre respeitei e apoiei o trabalho da Polícia Federal, mas, não vou admitir que acusações infundadas sejam colocadas contra a minha pessoa”, atacou. “Durante os doze anos que exerci o cargo de delegado de Policia Federal, fiz com zelo, com probidade e fui responsável pela condução e apreensão de milhares de reais, quiçá milhões de reais. Nunca fui acusado de ter me corrompido com um centavo sequer”, recordou.

Exaltando sua biografia e cutucando sobre os recentes escândalos envolvendo a pasta da saúde, não se sabe se no Amazonas ou em outro Estado da Federação, o Deputado Delegado Pablo (PSL) usou um video para rebater as acusações que vem sofrendo por parte da Polícia Federal (PF) (Reprodução/Internet)

“Não vou permitir que essas pessoas que não querem um delegado de policia federal sério, na política, vençam, o meu compromisso no combate a criminalidade a corrupção, vai continuar”.

Ao final, delegado Pablo lamentou pelo envolvimento da mãe. “Eu só lamento que tenham envolvido minha mãe nesse episódio, uma senhora de 75 anos de idade que me deu todos os valores e que só conheceu uma forma de vencer na vida: através do trabalho”, protestou. “Deixo meu abraço e meu sincero carinho, nesse momento, onde sofro tão grave injustiça”, finalizou.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO