Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
29 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – Alfaia de Almeida, de 59 anos, é um dos manifestantes que participaram do protesto na tarde deste sábado, 29, no Centro de Manaus, contra o presidente Bolsonaro (sem partido). Desempregado e ainda não vacinado porque não tem comorbidade, o homem do olhar sereno e tranquilo, se juntou ao grupo reivindicando a imunização.

“Nós queremos ser vacinados, queremos ser imunizados. Enquanto pessoas morrem, ele anda de jet ski, de moto, sem máscara, fazendo aglomerações. São mais de 450 mil pessoas que já foram mortas e ele está simplesmente virando as costas para as famílias”, declarou, ao lembrar dos momentos do presidente Bolsonaro nos quais ele aparece andando de jet ski e em um passeio de moto.

Alfaia de Almeida conversou com a REVISTA CENARIUM (Bruno Pacheco/Revista Cenarium)

Almeida contou à REVISTA CENARIUM que já perdeu familiares e amigos próximos para a Covid-19 e que decidiu ir para a manifestação por livre e espontânea vontade para fazer a parte dele e buscar por melhorias. No cartaz em que carrega, ele escreveu: “Por um Amazonas livre do vírus. Vacina para todos”.

Para Alfaia, o Governo Bolsonaro está fazendo uma péssima administração e uma gestão negacionista. “É uma gestão, um governo negacionista. Além de negar a saúde, ele está negando a ciência. Nossos direitos estão sendo tirados e estamos aqui para reivindicar pelo que nos foi tirado”, pontuou.

Jet ski e a moto

Em 2020, o presidente Bolsonaro foi visto em um passeio de jet ski no Lago Paranoá, em Brasília, no dia em que o Brasil ultrapassou a marca de 10.000 mortos pelo novo coronavírus, em nove de maio. Já o passeio de moto ocorreu no Rio de Janeiro, no último domingo, 23, reunindo uma multidão de motoqueiros. Em ambos os eventos, o presidente e os apoiadores não estavam utilizando máscara e nem espeitaram o distanciamento social, contrariando recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Ver Post