26 de novembro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – O candidato à Prefeitura de Manaus, vereador Chico Preto (DC), durante o segundo bloco da “Sabatina Técnica” da REVISTA CENARIUM nesta terça-feira, 27, garantiu que o espaço da mulher em sua gestão, caso seja eleito ao Executivo Municipal, será o mesmo disponível para os homens.

O postulante disse que entende a pauta política acerca de políticas que busquem integrar mulheres em cargos públicos. “O que eu não consigo compreender, por exemplo, se em uma entrevista eu perceber que um homem tem melhor qualificação que uma mulher e eu, por essa bandeira, ter que dar a vaga para a mulher. Eu vou ter que focar no gênero ou na capacidade?”, questionou Chico Preto, em resposta à pergunta feita pela advogada Grace Anny Benayon, vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Amazonas (OAB-AM).

Advogada Grace Anny Benayon, vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Amazonas (OAB-AM) – (Ricardo Oliveira/Revista Cenarium)

Para o candidato, optar pelas duas opções (gênero ou capacidade), é necessário de seriedade e defendeu que cargos de comandos de secretarias da Prefeitura de Manaus sejam submetidos a um processo seletivo. Chico Preto também disse que quer mudar a forma de designar gestores para a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

“Eu quero o melhor trabalhando comigo e vai ser mulher ou vai ser homem. Na Semed, sem uma tônica, que a esmagadora maioria são mulheres; as gestoras são mulheres. Tenho a lógica da competência, da formação e não somente da questão do gênero, porque criarei outro problema, quando dizem: ‘o senhor só a contratou porque é mulher, enquanto outro tinha melhor condição de gerir”, destacou.

“Quando você me pergunta: ‘qual o espaço da mulher? Vai ser o mesmo dos homens, porque o que vai definir não é o gênero e sim a competência, formação, capacidade de gestão e eu convivo com essa capacidade dentro do meu gabinete, dentro da minha vida”, finalizou.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.