Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de julho de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Com informações da assessoria

MANAUS – Estimular a troca de experiências e a difusão da arte. É esse o objetivo do circuito cultural “O Cavaleiro da Armadura de Sol”, de autoria da atriz, diretora de teatro e produtora cultural Ana Cláudia Motta, que chega aos municípios de Rio Preto da Eva, Autazes e Iranduba a partir desta segunda-feira, 14, com espetáculo homônimo, debates e oficinas de formação e fomento à pesquisa e produção teatral.

Contemplado pelo edital Prêmio Encontro das Artes 2020/ Lei Aldir Blanc, promovido pelo Governo do Amazonas – por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Amazonas – e pelo Governo Federal – por meio da Secretaria Especial da Cultura –, o projeto será realizado de forma gratuita nas comunidades do interior do Amazonas, respeitando todos os protocolos sanitários referentes à pandemia da Covid-19.

O destaque da proposta – que conta também com o apoio da Associação ArtBrasil, do Centro Cultural Barravento e das Prefeituras Municipais de Rio Preto da Eva, Autazes e Iranduba – fica por conta do espetáculo “O Cavaleiro da Armadura de Sol”, uma deliciosa comédia que acumula em seu currículo diversos prêmios, dentre eles os de Melhor Espetáculo, Melhor Direção, Melhor Ator e Pesquisa de Jogo Cênico, conquistados no 9º Festival de Teatro da Amazônia, em 2012.

Destinada a todos as faixas etárias, a peça traz três saltimbancos/contadores de histórias, que se encontram coincidentemente no mesmo lugar e começam a contar a história de um cavaleiro preso em sua própria armadura. Sem conseguir se libertar pelos meios tradicionais, ele é obrigado a partir em uma jornada, que, ao invés de ocorrer em lugares ermos e diferentes, acontece dentro dele mesmo, configurando-se na mais difícil de todas as suas aventuras.

Segundo Ana Cláudia – que também responde como diretora da atração –, o espetáculo fala sobre as máscaras sociais criadas pelo ser humano durante sua caminhada de vida para atender às expectativas alheias. “A ‘Armadura de Sol’ significa a máscara que o cavaleiro construiu para manter sua posição no meio em que vivia. Contudo, ele perde tanto tempo encenando uma coisa que não é, que acaba se perdendo de si mesmo.

Sendo seres sociais, o ser humano tem a necessidade de ser aceito, valorizado, reconhecido pelo outro e a busca por este ‘valor social’ muitas vezes nos custa o distanciamento de nós mesmos”, destaca.

De acordo com ela, a proposta da peça é mostrar que as pessoas devem se despir dessas ‘armaduras’ para viverem suas próprias essências. Nesse cenário, ao final de cada apresentação, os apaixonados pelo mundo do teatro poderão participar de um debate com a diretora e com o elenco para falarem justamente sobre suas vivências.

Oficinas

Confecção e Manipulação de Bonecos, Teatro de Objetos e Montagem de Espetáculos com Formas Animadas compõem a lista de oficinas do circuito cultural, que serão ministradas pelo ator, diretor de teatro, cenógrafo, aderecista e bonequeiro Hely Pinto. O artista atua dentro e fora do Estado há 25 anos e reúne na sua trajetória vários prêmios importantes no cenário artístico local.

O objetivo geral das oficinas é fomentar iniciativas de pesquisa e produção que proporcionem uma efervescência artística dentro dos municípios, com produções culturais dentro dos próprios municípios.

Rio Preto da Eva é a primeira cidade a contemplar a programação. O município recebe o espetáculo e as oficinas nos dias 14, 15 e 19 de junho. Já Autazes será palco da apresentação teatral nos dias 17, 18 e 20 de junho, enquanto Iranduba é o último destino do circuito, recebendo a programação nos dias 15, 16 e 17 de julho.

Programação

Rio Preto da Eva
Oficina 1 – Confecção e Manipulação de Bonecos: 14 e 15 de junho, de 14 às 17h
Oficina 2 – Teatro de Objetos: 15 de junho, de 8h às 11h
Oficina 3 – Montagem de Espetáculos com formas animadas: 15 de junho, de 18h às 21h
Apresentação do Espetáculo “O Cavaleiro da Armadura de Sol”: 19 de junho, às 17h
Debate/Vivência: 19 de junho, às 18h

Autazes
Oficina 1 – Confecção e Manipulação de Bonecos: 17 e 18 de junho, de 14 às 17h
Oficina 2 – Teatro de Objetos: 18 de junho, de 8h às 11h
Oficina 3 – Montagem de Espetáculos com formas animadas: 18 de junho, de 18h às 21h
Apresentação do Espetáculo “O Cavaleiro da Armadura de Sol”: 20 de junho, às 17h
Debate/Vivência: 20 de junho, às 18h

Iranduba
Oficina 1 – Confecção e Manipulação de Bonecos: 15 e 16 de julho, de 14 às 17h
Oficina 2 – Teatro de Objetos: 16 de julho, de 8h às 11h
Oficina 3 – Montagem de Espetáculos com formas animadas: 16 de julho, de 18h às 21h
Apresentação do Espetáculo “O Cavaleiro da Armadura de Sol”: 17 de julho, às 17h
Debate/Vivência: 17 de julho, às 18h