Estudantes de escola pública criam jogo para reforçar medidas de prevenção à Covid-19

Com informações da Assessoria

MANAUS — Lavar as mãos, usar máscaras, alimentar-se bem para ganhar imunidade e vencer o combate contra a Covid-19. Esse foi o objetivo do projeto ‘Criação de Jogos de Conscientização Contra a Covid-19’ apoiado pelo Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam). O projeto realizado com estudantes da Escola Municipal Antonina Borges de Sá, na zona Leste de Manaus, desenvolveu um jogo para ilustrar de forma didática as medidas preventivas para enfrentamento ao SARS-CoV-2.

O projeto foi contemplado no âmbito do Programa Ciência na Escola (PCE), edital Nº 004/2021, da Fapeam. Em 2021, 712 projetos de escolas públicas do Amazonas foram aprovados no edital do PCE.  Um programa que, desde 2019, vem recebendo atenção especial do governador Wilson Lima, que recentemente anunciou o aumento dos valores das bolsas de professores e estudantes que desenvolvem projetos no âmbito da educação básica.

Segundo a coordenadora do projeto, professora Alessandra Alves de Souza, os alunos criaram um avatar chamada de ‘Sarah’, inspirado no personagem ‘Pou’, protagonista de um conhecido jogo para aparelhos celulares. Sob o comando dos alunos, ‘Sarah’ se protege e realiza as atividades de prevenção à Covid-19. 

“Foram realizadas oficinas de Scratch, que é uma plataforma para criação de aplicações, jogos e histórias animadas, para que outros alunos entendam como foi o processo de criação do jogo e lembrá-los de se prevenir contra a Covid-19”, explicou.  

Para o desenvolvimento do projeto, a professora contou com a participação de uma aluna do 7º ano, responsável pela criação da história e design do jogo, além de outros dois alunos, da mesma turma, que ficaram encarregados por toda a programação.   

Alunos criaram avatar chamada ‘Sarah’, que realiza as atividades de prevenção à Covid-19 (Divulgação/Alessandra Alves)

Resultados 

Conforme Alessandra Alves, além de reforçar para a comunidade escolar quais são as medidas necessárias para evitar a disseminação do coronavírus, o projeto trouxe outros importantes resultados, dentre os quais, estão o aumento no interesse dos alunos para formação em áreas de ciências exatas, a demonstração de aptidão para diferentes tipos de engenharias, como da computação, por exemplo, além de democratizar o acesso ao conhecimento. 

Ela classifica como imprescindível o apoio concedido pela Fapeam, por meio do PCE, para o andamento do projeto, que iniciou em julho de 2021 e foi finalizado em novembro do mesmo ano.  

“A Fapeam possibilita um ambiente motivador à pesquisa dos alunos no setor público, eles são supridos tanto na área de conhecimento quanto nos recursos que precisam para ter um bem-estar ao estudar e trabalhar pela pesquisa através das bolsas”, finalizou.  

PCE 

Pioneiro no País, o PCE é uma ação criada pela Fapeam, direcionada à participação de professores e estudantes de escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus em projetos de pesquisa científica e de inovação tecnológica. 

Em 2021, 712 projetos de escolas públicas do Amazonas foram aprovados no edital do PCE. No final do ano, o governador Wilson Lima anunciou o aumento dos valores das bolsas de professores e estudantes que desenvolvem projetos no âmbito da educação básica.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO